Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto em estruturas

Processo: 04/15404-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de outubro de 2005 - 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Mecânica dos Sólidos
Pesquisador responsável:Marcílio Alves
Beneficiário:Marcílio Alves
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Larissa Driemeier ; Marco Lucio Bittencourt
Bolsa(s) vinculada(s):09/14839-7 - Estudo numérico-experimental do impacto mecânico em laminados fibra-metal, BP.DD
07/59071-3 - Simulação numérica de impacto em alumínio aeronáutico: caracterização do material e análise estrutural, BP.IC
05/51373-5 - Impacto em materiais e estruturas aeronáuticas, BP.TT
05/51374-1 - Impacto em materiais e estruturas aeronáuticas, BP.TT
Assunto(s):Mecânica das estruturas  Dinâmica das estruturas  Método dos elementos finitos 

Resumo

A área de impacto em estruturas no Brasil ainda é bastante incipiente apesar da capacitação técnica do País em desenvolver produtos que potencialmente podem ser aperfeiçoados com o uso de tal tecnologia. Este projeto temático explora este ramo do conhecimento, o qual se revela um dos mais complexos em Mecânica dos sólidos. Especificamente, objetiva-se estudar a resposta ao impacto de cascas tanto sob cargas axiais quanto transversais. No primeiro caso, pretende-se mapear todos os modos de flambagem de cascas sensíveis à taxa de deformação, gerando critérios de transição entre os modos baseado nas características geométricas, de material, condições de contorno e iniciais. A resposta de cascas ao impacto axial encontra importantes aplicações na área de transporte terrestre, aquático e aéreo de cargas e pessoas. Será também estudada a resposta estrutural de cascas pressurizadas sujeitas a impacto transversal, cuja aplicação se estende à área petrolífera e de transporte de gás em tubulações. A abordagem a ser usada é tripartite: teórica, experimental e numérica. Na área teórica, os modos de flambagem serão determinados analiticamente e será também formulado um critério para prever falha de material das cascas sob carga transversal. Na área numérica, será desenvolvido um programa de elementos finitos explícito para cascas capaz de lidar com grandes deformações e rotações, plasticidade, visco-plasticidade e contato. Este programa será disponibilizado à comunidade científica através do programa FAPESP-TIDIA. Todas as etapas do projeto serão balizadas por experimentos tanto de caracterização de material a taxas de deformação tão elevadas quanto 5000/s quanto por experimentos nas estruturas (cascas) a velocidades tão elevadas quanto 250m/s (950km/h). Além do conhecimento técnico científico a ser desenvolvido com este projeto, objetiva-se a formação e qualificação de pessoal na área de impacto m estruturas, em nível de mestrado, doutorado e pós-doutorado. A equipe representa as várias áreas necessárias à execução do projeto. É formado por igual número e pesquisadores nacionais e internacionais, com reconhecida competência em elementos finitos, contato, falha, impacto, mecânica experimental e mecânica não linear. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Base para analisar estruturas 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DRIEMEIER, LARISSA; BRUENIG, MICHAEL; MICHELI, GIANCARLO; ALVES, MARCILIO. Experiments on stress-triaxiality dependence of material behavior of aluminum alloys. MECHANICS OF MATERIALS, v. 42, n. 2, p. 207-217, FEB 2010. Citações Web of Science: 51.
BRUENIG, MICHAEL; CHYRA, OLIVER; ALBRECHT, DANIEL; DRIEMEIER, LARISSA; ALVES, MARCILIO. A ductile damage criterion at various stress triaxialities. INTERNATIONAL JOURNAL OF PLASTICITY, v. 24, n. 10, p. 1731-1755, OCT 2008. Citações Web of Science: 150.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.