Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoração e avaliação da deformabilidade, da fissuração e da segurança de estruturas de concreto

Resumo

O projeto consiste no estudo da deformabilidade de estruturas de concreto decorrentes dos processos de fissuração, retração e fluência. Este estudo envolve aspectos de caracterização do concreto por meio de ensaios de retração, de fluência e de suas propriedades mecânicas. Há um interesse particular em caracterizar os processos de dosagem e as propriedades acima listadas para o Concreto Auto Adensável (CAA), além dos convencionais. O CAA é um concreto capaz de fluir dentro de uma forma, passando pelas armaduras e preenchendo a mesma, sob o efeito do seu próprio peso, sem o uso de equipamentos de vibração. Com essas características, o concreto auto adensável aumenta a produtividade, melhora o ambiente de trabalho através da redução do ruído decorrente dos equipamentos de vibração, reduz a mão-de-obra necessária e contribui para a melhoria da qualidade das obras, justificando o seu estudo. Prevê-se a monitoração de duas edificações, por meio de instrumentação elétrica e óptica, e o desenvolvimento de um sistema computacional de interpretação de dados provenientes das monitorações. As técnicas de retro-análise serão utilizadas para esse fim. No escopo do projeto está o desenvolvimento de sensores de fibras ópticas para deformação e temperatura, além de meios mais econômicos de aquisição de dados fornecidos por estes sensores. Para atender a estes objetivos, um laboratório de sistemas óptico adequadamente equipado é de fundamental importância. Os modelos de previsão de deformação disponíveis em normas de projeto serão alimentados com os dados provenientes da caracterização laboratorial, e estes resultados serão comparados aos medidos na monitoração. Esta comparação é fundamental para aferir os modelos propostos e validá-Ios para os nossos concretos e tipos de cimento. Neste sentido a utilização de análise numérica será interessante para construção de modelos matemáticos mais próximos da realidade. A partir daí, o efeito das simplificações de modelos e cálculos será estudado. O objetivo deste projeto temático de pesquisa é construir uma infra-estrutura laboratorial, computacional e de monitoração capaz de atender à elucidação de patologias ligadas a deformabilidade das estruturas de concreto em serviço. O projeto visa a dar seqüência ao desenvolvimento de trabalhos nesta área, dentro das linhas de pesquisa "análise experimental de estruturas e novos materiais" e "sistemas estruturais de concreto" da especialidade "sistemas e materiais estruturais" do Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Além de professores da EPUSP (Escola Politécnica da USP), participarão, deste trabalho professores da PUC-RJ (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro), da UNESP (Universidade Estadual Paulista), da UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas), da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Parte dos trabalhos previstos nesta proposta insere-se no âmbito do projeto GRICES/CAPES 085/02 - Cooperação Científica e Técnica Luso-Brasileira entre a EPUSP e a FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto). Estão previstas também interações com grupos de pesquisa do Canadá e do Japão. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GAMINO, ANDRE LUIS; MANZOLI, OSVALDO LUIS; ANTUNES DE OLIVEIRA E SOUSA, JOSE LUIZ; BITTENCOURT, TULIO NOGUEIRA. 2D evaluation of crack openings using smeared and embedded crack models. Computers and Concrete, v. 7, n. 6, p. 483-496, DEC 2010. Citações Web of Science: 4.
GAMINO, ANDRE LUIS; BITTENCOURT, TULIO NOGUEIRA; ANTUNES DE OLIVEIRA E SOUSA, JOSE LUIZ. Finite element computational modeling of externally bonded CFRP composites flexural behavior in RC beams. Computers and Concrete, v. 6, n. 3, p. 187-202, JUN 2009. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.