Busca avançada
Ano de início
Entree

Leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos: uma abordagem multidisciplinar atravessada pela psicanálise

Processo: 03/09687-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de fevereiro de 2004 - 31 de maio de 2008
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Maria Cristina Machado Kupfer
Beneficiário:Maria Cristina Machado Kupfer
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Leandro de Lajonquière ; Mario Eduardo Costa Pereira ; Sandra Josefina Ferraz Ellero Grisi
Auxílios(s) vinculado(s):11/08617-1 - Figuras do Infantil. a psicanálise na vida cotidiana com as crianças, PUB.LVR.EXT
10/08266-1 - Lugar de vida, vinte anos depois: exercícios de Educação Terapêutica, PUB.LVR
Bolsa(s) vinculada(s):06/61055-3 - Leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos: uma abordagem multidisciplinar atravessada pela psicanálise, BP.TT
06/61550-4 - Leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos: uma abordagem multidisciplinar atravessada pela psicanálise, BP.TT
06/59853-9 - Leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos: uma abordagem multidisciplinar atravessada pela psicanálise, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 05/54771-1 - Análise do impacto da idade e escolaridade materna no desenvolvimento psíquico da criança, BP.IC
04/03191-2 - Leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos: uma abordagem multidisciplinar atravessada pela psicanálise, BP.TT
04/02998-0 - Leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos: uma abordagem multidisciplinar atravessada pela psicanálise, BP.TT
04/05331-6 - Leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos: uma abordagem multidisciplinar atravessada pela psicanálise, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Psicanálise  Desenvolvimento infantil  Laço social  Psicopatologia 

Resumo

A presente pesquisa busca validar a leitura da constituição e da psicopatologia do laço social por meio de indicadores clínicos, construídos a partir do referencial teórico da psicanálise, e recebendo a contribuição dos campos da Psicologia do Desenvolvimento, da Pediatria, da Psiquiatria, da Educação e da Fonoaudiologia. Partindo da importância que assume, para a Psicanálise, a noção de laço social na constituição do sujeito, pretende-se investigar o uso de indicadores clínicos de risco capazes de: 1) detectar já no primeiro ano de vida a interrupção do laço da criança com a figura materna; 2) permitir o acompanhamento do tratamento de crianças e adolescentes nos quais os transtornos advindos da interrupção precoce do laço já tenham sido instalados. Justifica-se o uso de indicadores clínicos a partir da premissa de que a instalação da subjetividade pode ser verificada a partir dos efeitos indiretos que essa instalação determina. Sub-projeto 1: a partir da teoria psicanalítica, foram desenvolvidos Indicadores Clínicos de Risco para o Desenvolvimento Infantil (IRDIs) observáveis nos primeiros 18 meses de vida da criança. O pressuposto é que esses indicadores clínicos (IRDIs) podem ser empregados por pediatras e por outros profissionais de saúde da atenção básica em consultas nas unidades básicas e/ou centros de saúde e podem ser úteis para detectar precocemente transtornos psíquicos do desenvolvimento infantil. O estudo utilizará um desenho de corte transversal seguido por estudo longitudinal numa amostra de 1000 crianças atendidas na clínica pediátrica nas unidades e/ou centros de saúde públicos em nove cidades brasileiras (totalizando 11 centros). Após três anos de seguimento, as crianças serão avaliadas para a identificação de transtornos psicológicos ou psiquiátricos e verificadas as associações com os IRDIs. Sub-projeto 2: pretende-se verificar os efeitos do tratamento psicanalítico institucional sobre o aumento da circulação social de crianças e adolescentes psicóticos, utilizando-se para isso indicadores clínicos. O tratamento proposto deverá incluir dispositivos de promoção da circulação social, tais como a inclusão e o acompanhamento escolar, o atendimento de pais, o acompanhamento terapêutico e as atividades culinárias, além dos dispositivos tradicionais de tratamento já existentes que visam ao estabelecimento do laço social. Serão acompanhadas 10 crianças com Distúrbios Globais de Desenvolvimento (DGD) atendidas durante os primeiros dois anos do projeto na pré-escola Ttrapêutica lugar de vida do Instituto de Psicologia da USP, e dez crianças nos dois anos seguintes. Ao final de cada período de tratamento, as crianças serão novamente diagnosticadas, utilizando-se os indicadores para marcar as mudanças de posição subjetiva que ocorreram durante o tratamento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Estudo avalia sensibilidade de protocolo na detecção de autismo