Busca avançada
Ano de início
Entree

Repercussões maternas, fetais e perinatais do exercício aquático (hidroterapia) na gestação

Processo: 99/07734-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 1999 - 30 de junho de 2001
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Iracema de Mattos Paranhos Calderon
Beneficiário:Iracema de Mattos Paranhos Calderon
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Hidroterapia  Organização e administração 

Resumo

A despeito dos vários resultados encontrados na literatura há ainda controvérsias sobre os efeitos do exercício na gestação. Parece, entretanto, haver consenso dos benefícios do exercício aquático, denominado por alguns de hidroterapia, como adjuvante em algumas patologias maternas. Partindo destas premissas, é objetivo deste projeto estudar os efeitos da hidroterapia na gestante livre de patologia, no feto e no recém-nascido. Serão avaliadas prospectivamente, da 16ª/20ª à 38ª semana, 40 gestantes normais, distribuídas, por randomização, nos grupos Hidroterapia e Controle. Pretende-se que este projeto seja a base para a hidroterapia em gestantes diabéticas. (AU)