Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da preparação e de diferentes processos de ativação de silicatos para uso industrial

Processo: 95/00544-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de junho de 1996 - 30 de abril de 2001
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Pérsio de Souza Santos
Beneficiário:Pérsio de Souza Santos
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):97/01781-1 - Nickel, iron-containing clay minerals from Niquelândia deposit, Brazil: characterization and behavior under thermal reducing conditions, AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):00/00704-8 - Estudo de aditivos de compactação e sinterização de caulins comerciais, BP.IC
Assunto(s):Zeolitas  Argilas  Silicatos  Propriedades dos sólidos  Difração por raios X 

Resumo

O grupo de química industrial do Departamento de Engenharia Química da Escola Politécnica da USP vem realizando pesquisas sobre a preparação e a ativação de silicatos (especialmente argilas naturais brasileiras e zeólitas sintéticas), utilizando diferentes processos (por exemplo, delaminação, intercalação e pilarização no caso de argilas), visando desenvolver ou realçar propriedades de interesse tecnológico. Duas das técnicas de caracterização das matérias-primas e dos produtos ativados mais utilizadas são a difração de raios-X e as determinações de área específica e volume poroso, uma vez que a atividade superficial é dependente da área específica e da estrutura cristalina do sólido pulverulento. No caso do presente projeto a caracterização por essas técnicas é possível graças a equipamentos adquiridos com o auxílio da FAPESP. O presente Projeto Temático tem como objetivo estabelecer as condições experimentais adequadas para a produção de sólidos ativos de interesse industrial produzidos a partir tanto de silicatos naturais brasileiros quanto de materiais sintéticos que vem sendo estudados sistematicamente pelo grupo de química industrial, visando assim determinar as rotas experimentais de ativação que permitam a otimização das propriedades dos sólidos (silicatos) estudados. (AU)