Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfologia das vértebras anteriores em Pristigasteroidea e suas implicações sobre as relações filogenéticas entre a Clupeomorpha e Ostariophysi (Osteichthyes, Teleostei)

Processo: 99/09781-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de março de 2000 - 31 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Mario Cesar Cardoso de Pinna
Beneficiário:Mario Cesar Cardoso de Pinna
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):05/54162-5 - Relações filogenéticas em engrauloidea a partir da análise de dados morfológicos e moleculares (Teleostei: Clupeomorpha). a), BP.PD
Assunto(s):Ictiologia  Vertebrados aquáticos  Filogenia  Morfologia animal  Clupeomopha  Teleostei  Ostariophysi 

Resumo

Este projeto visa a realização de um estudo sobre a morfologia comparada das vértebras anteriores e estruturas associadas na superfamília Pristigasteroidea, um ramo relativamente basal de Clupeomorpha. Estudos preliminares revelaram que as vértebras anteriores dos pristigasteróides exibem uma série peculiar de modificações, algumas das quais se aproximam notavelmente daquelas observadas na superordem Ostariophysi. Em Pristigasteroidea, entretanto, tais modificações ainda estão sem registro na literatura zoológica. A relevância destas observações é tanto maior devido à recente hipótese de que Clupeomorpha e Ostariophysi sejam grupos-irmãos, talvez a maior descoberta recente sobre a filogenia de Teleostei, e que parece corroborada tanto por dados morfológicos quanto moleculares. As similaridades observadas no complexo vertebral e suas relações com a bexiga natatória provavelmente contêm homologias ainda desconhecidas e filogeneticamente informativas a respeito da relação entre os dois grupos. O trabalho consistirá das seguinte etapas: 1- estudo da morfologia comparada das vértebras anteriores e estruturas associadas em adultos de todos os gêneros de Pristigasteroidea e vários outros Clupeomorpha, com o intuito de efetuar um registro da variação filogeneticamente relevante observada; 2- realizar um estudo da ontogenia das várias estruturas definidas na etapa 1, com base em séries decrescimento de pristigasteróides representativos; 3- com base nas informações adquiridas em 1 e 2, estimar as implicações filogenéticas dos padrões morfológicos observados, tanto para a possível relação entre Clupeomorpha e Ostariophysi(objetivo primário) quanto para a filogenia de Pristigasteroidea (objetivo secundário). O projeto é centrado na obtenção de dados originais, uma vez que tão pouco é conhecido sobre a anatomia de Pristigasteroidea. Porém, haverá uma subseqüente avaliação e discussão das implicações filogenéticas dos caracteres encontrados, segundo os preceitos básicos da sistemática filogenética. Os resultados do estudo fornecerão importantes subsídios para uma questão altamente relevante na ictiologia atual, qual seja a possível relação entre Clupeomorpha e Ostariophysi. Também prevemos que os novos dados encontrados contribuirão para entendimento da evolução das conexões otofísicas em Teleostei de um modo geral. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DI DARIO, FABIO. Chirocentrids as engrauloids: evidence from suspensorium, branchial arches, and infraorbital bones (Clupeomorpha, Teleostei). ZOOLOGICAL JOURNAL OF THE LINNEAN SOCIETY, v. 156, n. 2, p. 363-383, JUN 2009. Citações Web of Science: 15.
SCHAEFER‚ S.A.; PROVENZANO‚ F.; PINNA‚ M.D.E.; BASKIN‚ J.N. New and noteworthy Venezuelan Glanapterygine catfishes (Siluriformes‚ Trichomycteridae)‚ with discussion of their biogeography and psammophily. American Museum Novitates, p. 1-27, 2005.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.