Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo numérico da variabilidade climática no Oceano Atlântico Sul

Processo: 00/02958-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2001 - 31 de julho de 2004
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Física
Pesquisador responsável:Ilana Elazari Klein Coaracy Wainer
Beneficiário:Ilana Elazari Klein Coaracy Wainer
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Atlântico Sul  Atmosfera  Interação ar-mar  Mudança climática  Modelos numéricos de circulação 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Contribuições...climáticas_85_112_112.pdf

Resumo

A variabilidade climática sazonal da circulação do Atlântico Sul é investigada a partir de uma série de simulações numéricas com o modelo acoplado Climate System Model (CSM), realizadas pelo National Center of Atmospheric Research (NCAR). A primeira simulação é realizada por 300 anos para estudar a existência de variabilidade na escala decadal e intradecadal. Outras duas simulações de 150 anos são realizadas com o intuito de verificar o papel da atmosfera nessa escala temporal. A primeira contém níveis de gases traçadores e gases estufa da época pré-industrial, enquanto a segunda simulação assume os níveis indicados no Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC). Por último, pretende-se realizar uma simulação de 150 anos somente com a componente atmosférica, para avaliar se a variabilidade obtida em escalas de baixa frequência é intrinsecamente oceânica. A análise estatística dos dados obtidos é feita com as técnicas de EOF (componentes empíricos ortogonais/empirical orthogonal functions) e de SVD (singular value decomposition). O método EOF é aplicado a cada campo isoladamente, enquanto o método SVD é aplicado a ambos os campos simultaneamente. O significado da interação oceano-atmosfera será revelado pela forte semelhança entre os modos individual EOF e acoplado SVD de TSM e PPT e fluxos de calor e momentum associados. A área de estudo vai desde 0N até 55S e de 70W (costa da América do Sul), onde é localizada a região de confluência entre as águas subtropical e subpolar, representadas pelas correntes do Brasil e Malvinas, até 20E (costa da África do Sul). (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CLAUZET‚ G.; WAINER‚ I.; LAZAR‚ A.; BRADY‚ E.; OTTO-BLIESNER‚ B. A numerical study of the South Atlantic circulation at the Last Glacial Maximum. PALAEOGEOGRAPHY PALAEOCLIMATOLOGY PALAEOECOLOGY, v. 253, n. 3, p. 509-528, 2007.
SOLOMON‚ A.; WAINER‚ I. Pacific tropical-extratropical thermocline water mass exchanges in the NCAR Coupled Climate System Model v. 3. Ocean Modelling, v. 15, n. 3, p. 218-235, 2006.
WAINER‚ A.T.E.I. A influência dos gases estufa no Oceano Atlântico Sul: Variabilidade Interanual. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 20, n. 1, p. 105-120, 2005.
WAINER, I.; TASCHETTO, A. S.; OTTO-BLIESNER, B.; BRADY, E. A numerical study of the impact of greenhouse gases on the South Atlantic Ocean climatology. Climatic Change, v. 66, n. 1, p. 163-189, Sept. 2004.
WAINER‚ I.; CLAUZET‚ G.; SERVAIN‚ J.; SOARES‚ J. Time scales of upper ocean temperature variability inferred from the PIRATA data (1997-2000). Geophysical Research Letters, v. 30, n. 5, p. 8004, 2003.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.