Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e estudo de nanotubos interessantes para armazenagem eletroquímica de energia

Processo: 00/09509-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2002 - 30 de junho de 2004
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Luengo
Beneficiário:Carlos Alberto Luengo
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Nanotubos de carbono  Baterias de íon-lítio  Técnicas eletroquímicas 

Resumo

O presente projeto trata do desenvolvimento de eletrodos para baterias lítio iônico baseados em Nanotubos com Parede Simples (SWNT). O principal sistema de produção de nanotubos é baseado no método de arco ou de tocha. Vários tipos de catalisadores serão utilizados na produção de nanotubos SWNT. Eletrodos de nanotubos modificados ou não serão desenvolvidos e estudos para baterias de íons de litio (anodos e catodos). Pequenos protótipos de baterias de ions de litio baseadas em eletrodos de nanotubos e óxido serão desenvolvidos (200 a 600mAh). Caracterizações estruturais, eletro-químicas e microscópica serão utilizados para o estudo: i) mecanismo de produção de nanotubos em reatores de arco ii) de eletrodos de nanotubos modificados ou não iii) dos mecanismos de eletrointercalação de lítio em nanotubos. Microscopia de forças são preferencialmente usadas, uma vez que grande parte das amostras possuem reatividade na atmosfera, como ocorre na maioria dos materiais usados na produção de baterias de íons de Lítio. Impedância, GITT, VC e ciclos de carga/descarga são as principais técnicas eletroquímicas. Técnicas XRD, BET, FTIR também são usadas. (AU)