Busca avançada
Ano de início
Entree

Distribuicao de aflatoxina e fumonisina em milho, do florescimento a colheita, inoculados com aspergillus flavus e fusarium moniliforme.

Processo: 01/01449-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2001 - 30 de junho de 2003
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Benedito Corrêa
Beneficiário:Benedito Corrêa
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fumonisinas  Aflatoxinas  Milho  Aspergillus flavus  Micotoxinas 

Resumo

Apesar dos recentes relatos sobre a co-ocorrência de fumonisina B1 e aflatoxina B1 em alimentos, especialmente no milho, os conhecimentos sobre a presença das citadas toxinas em milho, em condições de campo, deixam a desejar quando se pretende analisar o produto do plantio à colheita, avaliando, periodicamente, a distribuição de aflatoxinas e fumonisinas durante o desenvolvimento da planta. Os objetivos específicos a serem atingidos são: a) verificar a presença de A. flavus e F. moniliforme nas espigas de milho, após a contaminação artificial dos estilo-estigmas da planta; b) Identificar o perfil da microbiota fúngica presente no milho, em condições naturais de campo; c) analisar a distribuição de aflatoxinas e fumonisinas durante o desenvolvimento da planta; d) correlacionar, os resultados obtidos com os níveis de atividade de água e com os elementos de clima atuantes na região, no período de desenvolvimento da cultura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)