Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução crustal da América do Sul

Processo: 95/04652-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de agosto de 1996 - 31 de agosto de 2000
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Umberto Giuseppe Cordani
Beneficiário:Umberto Giuseppe Cordani
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):99/05430-4 - Masaru Yoshida | Osaka City University - Japão, AV.EXT
98/13426-4 - Louise Frick | Monash University - Austrália, AV.EXT
97/05482-9 - Fernando Preciozzi Porta | Serviço Geológico do Uruguai - Uruguai, AV.EXT
+ mais auxílios vinculados 98/06964-0 - Isotopic constrains on the proterozoic geological history of the amazonian craton., AR.EXT
98/06858-5 - Nd-sr characteristics bearing onarchean magmatic episodes of the subcontinental mntle, campo belo complex, sao francisco craton, brazil., AR.EXT
98/06882-3 - New trends in geochronological interpretation., AR.EXT
98/03151-8 - Costas Xenophontos | Geological Survey Departament - Chipre, AV.EXT
98/00404-2 - José Manuel Urbano Munha | Universidade de Lisboa - Portugal, AV.EXT
97/10518-2 - Roland Raymond Trompette | Centre Européen de Recherche et d'Enseignement des Géosciences de l'Environnement - França, AV.EXT
97/05483-5 - Sr, nd and pb isotopic signature on granitoid intrusives of the paleoproterozoic mineiro magmatic arc, southern sao francisco craton., AR.BR
97/03159-6 - U-pb(shrimp),sm-nd and re-os systematics of the cana brava, niquelandia and barro alto layered intrusions in central brazil, and constrians on the tectonic evolution., AR.BR - menos auxílios vinculados
Assunto(s):Geoquímica isotópica  Geocronologia  Metamorfismo  Magmatismo  América do Sul 

Resumo

O nível de conhecimento geológico no Continente Sul-americano tem crescido num processo contínuo desde as primeiras sínteses que remontam ao fim da década de 60. A medida em que novas informações foram incorporadas ao acervo dos dados existentes, estas implicaram em modificações do quadro geoctectônico sul americano. Como o principal laboratório geocronológico atuante na América do Sul, o Centro de Pesquisas Geocronológicas do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (CPGeo) em muito contribuiu para o reconhecimento das principais épocas de metamorfismo e magmatismo que atuaram no continente. Este projeto visa um aprimoramento do quadro tectônico atual e da evolução crustal do continente, com um detalhamento isotópico de áreas chaves utilizando-se, nos próximos três anos, de metodologias isotópicas de maior poder interpretativo que o CPGeo tem condições de oferecer e também de técnicas mais avançadas ainda não disponíveis no país, como U-Pb através do SHRIMP, que o CPGeo, já vem obtendo através de acordo de cooperação com a Universidade Nacional da Austrália. O salto de qualidade pretendido será atingido graças a capacidade agora disponível de obter-se, sistematicamente, idades U-Pb em zircões, Sm-Nd em rocha total e minerais e Pb-Pb em rocha total e feldspatos, métodos esses de grande potencial interpretativo (geocronológico e petrogenético). Serão estudadas pela equipe proponente, diversas áreas chaves espalhadas pela Plataforma Sul-Americana e Cinturão Andino onde se aplicarão as novas metodologias, em problemas geológicos bem conhecidos. Através da análise desses resultados espera-se obter informações concretas sobre os seguintes pontos: (a) caracterização das principais épocas de crescimento continetal com definição da razão acreção versus retrabalhamento crustal; (b) caracterização temporal dos principais eventos orogenéticos da Plataforma Sul Americana com definição da época de instalação (sedimentação) dos principais cinturões de dobramentos; (c) caracterização geocronológica do reflexo na Plataforma Sul Americana dos principais pulsos orogênicos Andinos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Nasce um continente