Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressao do gene da metalotioneina de synechococcus pcc 7942 e analise estrutural da proteina.

Processo: 01/08790-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2001 - 30 de abril de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Marli de Fátima Fiore
Beneficiário:Marli de Fátima Fiore
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Metais  Ressonância magnética nuclear  Expressão gênica  Cianobactérias  Cristalografia 

Resumo

O presente projeto tem como objetivo determinar a estrutura tridimensional da MT da cianobactéria Synechococcus PCC 7942, assim como suas propriedades dinâmicas quanto à ligação e liberação de metais. Além da estrutura da MT de Synechococcus PCC 7942, será possível explorar seu processo de enovelamento, uma vez que a adição de metal causa o enovelmento espontâneo à estrutura nativa. Para se obter a quantidade necessária de MT para realizar esse estudo estrutural o gene smtA será expresso heterologamente. Após o isolamento, clonagem e seqüenciamento do gene smtA, este será inserido num vetor de expressão em Escherichia coli. A MT de Synechococcus recombinante obtida será purificada e a caracterização estrutural dessa proteína será realizada através da ressonância magnética nuclear (RMN) e cristalografia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LAVORANTE‚ A.F.; GINÉ‚ M.F.; GERVASIO‚ A.P.G.; MIRANDA‚ C.E.S.; FIORE‚ M.F.; BELLATO‚ C.M.; CARRILHO‚ E. Identification of a metallothionein in Synechococcus by capillary electrophoresis hyphenated with inductively coupled plasma mass spectrometry. Analytical Sciences, v. 19, n. 12, p. 1611-1616, 2003.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.