Busca avançada
Ano de início
Entree

Fluidodinâmica, secagem e recobrimento de partículas em leito pulso-fluidizado

Processo: 01/10731-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2002 - 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Osvaldir Pereira Taranto
Beneficiário:Osvaldir Pereira Taranto
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Secagem  Dinâmica dos fluidos 

Resumo

A presente proposta de pesquisa versa sobre o estudo da tecnologia de pulso-fluidização nas operações de Secagem e Recobrimento de Partículas. Um equipamento de leito pulso-fluidizado será montado na Instalação Piloto do Departamento de Engenharia Química e de Alimentos da Escola de Engenharia Mauá, sob a supervisão do coordenador do projeto. Nele serão realizado experimentos com objetivo de avaliação fluidodinâmica e de cinética de secagem com vistas a obter parâmetros de comparação entre esta técnica e a fluidização convencional. Uma grande vantagem já demonstrada na literatura acerca do leito pulso-fluidizado é a redução no consumo de ar. Porém, outros aspectos como influência da pulsação na perda de carga e na cinética de secagem deverão ser analisados nesta pesquisa. O processo de recobrimento de microgrânulos com liberação controlada ou gastro-resistente de medicamentos tem merecido crescente atenção da indústria farmacêutica. O processo é desenvolvido, tradicionalmente, em equipamentos tipo leito de jorro, recebendo a denominação específica de Processo Wurster. A pulso-fluidização pode representar uma alternativa ao processo Wurster, reduzindo a razão vazão de ar/massa de produto, proporcionando, ainda um recobrimento de qualidade e em menor tempo; fatores estes a serem verificados experimentalmente. (AU)