Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da inativação do gene p53 em pacientes portadores de carcinoma espino celular primário de cabeça e pescoço: avaliação da metilação na região promotora e análise mutacional de hots spots

Processo: 01/10998-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2002 - 30 de junho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Bernardo Garicochea
Beneficiário:Bernardo Garicochea
Instituição-sede: Hospital Sírio-Libanês. Sociedade Beneficente de Senhoras (SBSHSL). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imuno-histoquímica  Cabeça e pescoço  Metilação 

Resumo

O carcinoma espino celular primário de cabeça e pescoço (CECPCP) é um tumor maligno derivado do epitélio estratificado. Constitui um problema de saúde pública, pois se relaciona ao etilismo, tabagismo e má higiene oral. No CECPCP, o evento mais comum é o acúmulo da proteína p53, no núcleo de suas células, que pode ser detectado por análise imunohistoquímica. No tecido normal, esta proteína raramente encontra-se nesta análise, pois possui uma meia vida curta. O objetivo deste trabalho é avaliar a freqüência do fenômeno de metilação como regulador negativo dos níveis da p53, nas células dos pacientes com CECPCP na análise imunohistoquímica. E verificar a associação deste achado com estadiamento, idade e sobrevida. O estudo será realizado através da extração de DNA do material parafinado em lâmina e dos tumores congelados, previamente submetidos à análise imunohistoquímica para p53. A verificação das mutações que causam deleção (exons de 5 a 9) será realizada pela técnica de SSCP, e, a análise da metilação de todo o promotor terá uma prévia modificação química do DNA, seguida do PCR-MSP e seqüenciamento. (AU)