Busca avançada
Ano de início
Entree

A influência do aerosol atmosférico na formação dos poluentes fotoquímicos

Processo: 01/13855-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2002 - 31 de julho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Maria de Fátima Andrade
Beneficiário:Maria de Fátima Andrade
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição do ar  Aerossóis  Oxidantes fotoquímicos  Temperatura atmosférica  Ambientes urbanos  Mudança climática 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Contribuições...climáticas_82_110_110.pdf

Resumo

Avaliar a influência do aerossol atmosférico nos processos de formação de oxidantes fotoquímicos presentes nas atmosferas urbanas e remotas. Essa influência ocorre devido ao fato de que as partículas podem aumentar ou diminuir a razão de fotólise de certos compostos. Neste estudo, serão utilizados dados experimentais de aerossol urbano (da região metropolitana de São Paulo) e biogênico (da região amazônica), em suas componentes solúvel, insolúvel e black carbon, calculadas suas propriedades físico-químicas e ópticas através de metodologia desenvolvida na tese de doutoramento da aluna Regina Maura de Miranda (processo FAPESP 97/01505-4), e estas inseridas num modelo de transferência radiativa a fim de se obter as razões de fotólise do NO2 e O3. Esses resultados serão então introduzidos num modelo fotoquímico, obtendo-se a variação temporal e espacial de traçadores dos processos fotoquímicos (como o O3 e outros), bem como seu perfil vertical e também o do aerossol. Numa segunda etapa, a influência no perfil de temperatura será estudada, utilizando-se para isso modelos numéricos. (AU)