Busca avançada
Ano de início
Entree

O efeito da metformina sobre o perfil androgênico e a sensibilidade à insulina em pacientes não obesas portadoras da síndrome dos ovários policísticos

Processo: 02/01440-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2002 - 30 de junho de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:José Antonio Miguel Marcondes
Beneficiário:José Antonio Miguel Marcondes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Resistência à insulina  Metformina  Ovário 

Resumo

Tem sido descrito que na síndrome dos ovários policísticos (SOP), caracterizada por hiperandrogenismo e disfunção ovulatória, há uma diminuição da sensibilidade à insulina. Tem sido demonstrado que a metformina é uma droga que melhora a sensibilidade à insulina em diversas síndromes caracterizadas por resistência à insulina, como diabete melito, hipertensão arterial, obesidade e a própria síndrome dos ovários policísticos. A utilização desta droga em pacientes portadoras da SOP obesas tem levado a uma reversão parcial ou total das manifestações clínicas da síndrome, principalmente do ciclo menstrual, com regularização do mesmo, que se torna ovulatório, permitindo a ocorrência de gestação em mulheres anteriormente inférteis. Esta reversão clínica em geral se acompanha de melhora da hiperandrogenemia e de um aumento da sensibilidade à insulina. Em pacientes portadoras da síndrome não obesas, não existem dados sobre o efeito da metformina sobre os parâmetros clínicos e laboratoriais que fazem parte da síndrome. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARCONDES‚ J.A.M.; YAMASHITA‚ S.A.Y.; MACIEL‚ G.A.R.; BARACAT‚ E.C.; HALPERN‚ A. Metformin in normal-weight hirsute women with polycystic ovary syndrome with normal insulin sensitivity. Gynecological Endocrinology, v. 23, n. 5, p. 273-278, 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.