Busca avançada
Ano de início
Entree

Fisiologia e fisiopatologia da função glomerular: estudos 'in vivo' (hemodinâmica glomerular) e 'in vitro' (glomerulo isolado e célula mesangial)

Processo: 91/03341-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de junho de 1992 - 31 de dezembro de 1996
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Nestor Schor
Beneficiário:Nestor Schor
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiopatologia  Insuficiência renal 

Resumo

Considerando a necessidade de utilizarmos protocolos experimentais múltiplos para melhor estudar as manifestações da função glomerular, enfocamos neste projeto temático 4 grupos de experimentos, a saber: a) protocolos 1 a 4: neste grupo pretende-se enfocar, principalmente, as ações hormonais e seu impacto funcional sobre a função glomerular. Vários têm sido os mediadores vasoativos e de função celular descritos nesta última década. São complexas suas inter-relações, tornando necessário estudar o maior número possível de hormônios em situações distintas; b) protocolos 5 e 6: este serviço tem estudado vários modelos nefrotóxicos, sendo que a maioria deles, tem mostrado que a alteração glomerular se dá via mediadores e não pelo efeito do agente tóxico diretamente sobre a estrutura glomerular. Assim, utilizando protocolos com drogas que modificam a filtração glomerular, pretende-se não só avaliar os mecanismos hemodinâmicos envolvidos, mas também os inter-relacionar com fatores hormonais, na procura de um elo fisiopatológico com o grupo de protocolos referidos anteriormente (protocolos 1 a 4); c) protocolos 7 a 13: a progressão da doença renal tem sido assunto de estudo prioritário na área nefrológica. As implicações glomerulares propriamente ditas e as túbulo-intestinais levando a deteriorização funcional do rim são múltiplas. Modificações hemodinâmicas, fatores hormonais, metabólicos e imunológicos são alguns dos mecanismos implicados na alteração da função glomerular com a progressiva perda da função renal. Desta maneira, neste conjunto de experimentos, pretendemos avaliar efeitos hormonais e de adaptação da microcirculação renal a estímulos variados (protocolos 7,8,9), à influência na modificação de efetores imunomediados (protocolos 10 e 11), à modificação túbulo-intersticial (protocolo 12) e as possíveis alterações na hemodinâmica glomerular no transplante experimental (protocolo 13), com o intuito de que nesses vários modelos experimentais possamos achar um elo final neste complexo ciclo que determina a insuficiência renal crônica; d) protocolos 14 a 18: neste conjunto de experimentos, o objetivo final comum será o de enfocar a manifestação glomerular em diversas situações fisiológicas e fisiopatológicas através de técnicas "in vitro", utilizando glomérulos isolados e célula mesangial em cultura. Pretende-se avaliar aspectos morfológicos e funcionais frente a situações fisiológicas (protocolo 14 e 15), estímulos hormonais (protocolo 16), em situações nefrotóxicas (protocolo 17) e na insuficiência renal crônica (protocolo 18). Este conjunto de experimentos correlacionados com os estudos realizados "in vivo" pela técnica de micropunção, seguramente trarão subsídios para melhor compreensão da função glomerular. Desta maneira, deve-se enfatizar que estes protocolos experimentais, embora aparentemente dispares, fazem parte de um conjunto encerrando um único objetivo, ou seja, melhor compreender os mecanismos da função, regulação e da reação a situações diversas do glomérulo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)