Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao microbiologica do queijo tipo minas frescal, comercializado na regiao nordeste do estado de sao paulo.

Resumo

Serão estudadas amostras de queijo Minas frescal produzidos artesanalmente e dos inspecionados pelo Serviço de Inspeção Federal, com a finalidade de avaliar a qualidade microbiológica destes através das determinações de Staphylococcus aureus, Salmonella spp., NMP de Coliformes totais e fecais, Listeria monocytogenes e Campylobacter spp. Acredita-se que os resultados obtidos venham fornecer subsídios às autoridades de saúde e produtores no sentido de melhorar a qualidade higiênico-sanitária do queijo Minas frescal no sentido de minimizar o risco à saúde dos consumidores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: