Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação da cromatografia líquida da alta eficiência na análise da variação sazonal das lactonas sesquiterpênicas presentes em Artemisia annua L.

Processo: 02/03004-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2003 - 28 de fevereiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise e Controle de Medicamentos
Pesquisador responsável:Mary Ann Foglio
Beneficiário:Mary Ann Foglio
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):02/12849-6 - Aplicação da cromatografia líquida de alta eficiência na análise da variação sazonal das lactonas sesquiterpênicas presentes em Artemisia annua L., BP.TT
Assunto(s):Controle de medicamentos e entorpecentes 

Resumo

A Artemisia annua L. (Asteracea) é originária de regiões de clima temperado da Ásia e é utilizada pela medicina tradicional chinesa há vários séculos no tratamento da malária. O princípio ativo responsável por esta atividade é a artemisinina, lactona sesquiterpênica com um grupo endoperóxido. Estudos integrados demonstraram que a planta pode ser totalmente aproveitada. Os resíduos de extração da artemisinina apresentaram atividade antiulcerogênica quando testados em ratos, utilizando modelos de úlcera induzidos por indometacina. A partir dessa fração, foram isolados os compostos dihidroepideoxiartenuina b e deoxiartemisinina, que demonstraram ser responsáveis por esta atividade. Anteriormente foi realizado estudo sazonal da planta, através do qual determinou-se que os maiores teores de óleo essencial eram alcançados na época de inflorescências, enquanto que a produção de artemisinina tinha relação inversa. Este trabalho visa desenvolver metodologia analítica utilizando-se a cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) com detector de índice de refração nas análises dos extratos de Artemisia annua L., possibilitando avaliar a variação sazonal da concentração de artemisinina (antimalárico) em relação às outras duas lactonas sesquiterpênicas com atividade antiulcerogênica, visando estabelecer a relação biossintética existente. Estes dados permitirão determinar parâmetros na seleção às Artemisia annua, cultivada no CPQBA para otimização da produção de artemisinina e dos metabolites com atividade antiulcerogênica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RENATA MARIA DOS SANTOS CELEGHINI; ILZA MARIA DE OLIVEIRA SOUSA; ANA PAULA DA SILVA; RODNEY ALEXANDRE FERREIRA RODRIGUES; MARY ANN FOGLIO. Desenvolvimento e validação de metodologia analítica por CLAE-IR para determinação de artemisinina em Artemisia annua L. Química Nova, v. 32, n. 4, p. -, 2009.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.