Busca avançada
Ano de início
Entree

Alongamento muscular global e segmentar: um estudo comparativo

Processo: 02/04609-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2002 - 30 de setembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Amélia Pasqual Marques
Beneficiário:Amélia Pasqual Marques
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Equilíbrio postural  Exercícios de alongamento muscular  Eletromiografia  Reeducação postural global (RPG)  Estudo comparativo 

Resumo

Os exercícios de alongamento são muito usados com o objetivo de corrigir e prevenir desvios posturais. O objetivo deste trabalho é comparar duas formas de alongamento, o segmentar e o realizado por cadeias musculares. Para isso serão selecionados 40 sujeitos com idade entre 21 a 30 anos, sendo 20 do sexo feminino e 20 do sexo masculino, com ausência de dor e com encurtamento muscular em isquiotibiais, sóleo e trapézio (fibras superiores). Os sujeitos serão distribuídos aleatoriamente em quatro grupos, dois que serão tratados com alongamento segmentar sendo um por indivíduos do sexo feminino e outro do sexo masculino (n = 20) e os outros com igual distribuição e farão alongamento em cadeias (n = 20). Os quatro grupos terão tratamento de 45 minutos duas vezes por semana durante seis semanas. Os indivíduos serão avaliados eletromiograficamente, com fotografias e avaliação postural global. A análise estatística será realizada com um nível de significância p < 0,05. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARQUES, A. P.; VASCONCELOS, A. A. P.; CABRAL, C. M. N.; SACCO, I. C. N. Effect of frequency of static stretching on flexibility, hamstring tightness and electromyographic activity. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 42, n. 10, p. 949-953, OCT 2009. Citações Web of Science: 27.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.