Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da participação do estresse oxidativo na alteração de reatividade vascular induzida pela desnutrição intrauterina em Fêmeas Wistar

Processo: 02/06004-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2003 - 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Zuleica Bruno Fortes
Beneficiário:Zuleica Bruno Fortes
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse oxidativo  Microcirculação 

Resumo

A desnutrição intra-uterina é um importante fator que predispõe a desenvolvimento da hipertensão arterial. Demonstramos em nosso laboratório que ratos (machos e fêmeas) Wistar desnutridos intra-uterinamente desenvolvem hipertensão arterial e alterações de reatividade vascular (em aorta e leito mesentérico isolados). Em machos a diminuição do relaxamento dependente do endotélio foi relacionada a aumento do estresse oxidativo. Considerando o papel do estrógeno seja na expressão da oxido nítrico sintase seja na geração de espécies reativas de oxigênio, é objetivo do presente projeto avaliar em fêmeas Wistar desnutridas in útero a importância do aumento do estresse oxidativo nas modificações ocorridas na célula endotelial. Para isso estudaremos a resposta de microvasos a agentes vasoativos bem como à superóxido dismutase e seu mimético por microscopia intravital. Além disso determinaremos a geração de anion superóxido in vivo, a atividade (método químico) bem como a expressão da SOD (por RT-PCR). (AU)