Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do treinamento físico aeróbio, em pacientes portadores de Diabete melito tipo 2, sobre a composição de subfrações de HDL e a remoção de lípides celulares

Processo: 02/07945-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2003 - 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marisa Passarelli
Beneficiário:Marisa Passarelli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Exercício físico  Diabetes mellitus tipo 2  Lipoproteínas  Apolipoproteínas  HDL-Colesterol  Aterosclerose  Treinamento aeróbio 

Resumo

As lipoproteínas de alta densidade (HDL) removem colesterol dos tecidos periféricos, favorecendo seu tráfego ao fígado e eliminação na bile, o que constitui o transporte reverso de colesterol (TRC). Além disso, as HDL apresentam propriedades antioxidantes e antiinflamatórias que também protegem contra o desenvolvimento de aterosclerose. No diabete melito, principalmente tipo 2, a concentração plasmática de HDL está diminuída, com prejuízo no TRC. O exercício físico aeróbio, a longo prazo, eleva a concentração de HDL, embora pouco seja sabido sobre alterações na composição destas partículas e sua habilidade em mediar o TRC. O objetivo deste projeto é avaliar a influência do exercício físico aeróbio, em pacientes diabéticos tipo 2, sobre a concentração e composição de subfrações de HDL em lípides, apolipoproteínas e enzimas antioxidantes, bem como sobre sua habilidade em remover colesterol de macrófagos de peritôneo de camundongo, previamente enriquecidos em colesterol. (AU)