Busca avançada
Ano de início
Entree

Fauna subterrânea aquática brasileira: biodiversidade, biologia, evolução, ecologia e conservação

Processo: 03/00794-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de agosto de 2004 - 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Eleonora Trajano
Beneficiário:Eleonora Trajano
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Luiz Silveira Menna Barreto
Bolsa(s) vinculada(s):06/53052-4 - Biodiversidade e ecologia da fauna de invertebrados na Gruna do Enfurnado, Serra do Ramalho, sul da Bahia, com ênfase nas cadeias tróficas e disponibilidade de recursos alimentares para o bagre troglóbio, Rhamdia enfurnada (Siluriformes: Heptapteridae), BP.MS
06/60173-2 - Fauna Subterrânea Aquática Brasileira: biodiversidade, biologia, evolução, ecologia e conservação, BP.TT
05/50191-0 - Fauna Subterrânea Aquática Brasileira: biodiversidade, biologia, evolução, ecologia e conservação, BP.TT
Assunto(s):Biodiversidade  Fauna marinha  Peixes  Crustáceos  Bacia hidrográfica  Amazonas 
Publicação FAPESP:http://www.fapesp.br/tematicos/bio_trajano.pdf

Resumo

O Brasil, com uma das mais ricas ictiofaunas subterrâneas de todo o mundo (18 espécies conhecidas, representando de um sexto a um quinto do total mundial), interessantes casos de crustáceos relictos filogenéticos (como peracáridos Spelaeogriphacea e Isopoda Calabozoa) e vocação para estudos em campo pela presença de grupos de pesquisa autóctones bem estabelecidos (em contraste com o observado no resto da América do Sul), oferece um grande potencial de interesse científico na área de Bioespeleologia aquática, com importantes desdobramentos para a conservação dos frágeis ecossistemas subterrâneos. Tomando, como ponto de partida, levantamentos faunísticos intensivos em diversas áreas cársticas brasileiras, o presente projeto temático, com duração de quatro anos, abrangerá um amplo leque de aspectos da biologia (sensu lato) de táxons com representantes troglóbios (exclusivamente subterrâneos), alguns já abordados em nossos estudos anteriores, porém agora em maior nível de detalhamento e sofisticação metodológica, avançando em termos qualitativos e quantitativos (caso da cronobiologia e do comportamento, em seus vários aspectos), e outros aqui abordados pela primeira vez para troglóbios aquáticos brasileiros (por exemplo, respirometria, morfologia dos sistemas sensoriais). Estão previstas viagens periódicas a várias localidades em 12 áreas cársticas da Bahia, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo, além de localidades não-cársticas de peixes troglomórticos na bacia do Amazonas, para trabalho de campo visando a história natural e a ecologia populacional de peixes e crustáceos (incluindo marcação e recaptura para algumas das populações de peixes), e coleta de exemplares. Parte destes serão trazidos vivos para estudos comportamentais e fisiológicos em laboratório em São Paulo, e parte será preservada para estudos taxonômicos (sistemática morfológica e molecular), anatômicos (sistemas sensoriais, nervoso e pigmentar) e biológicos (dieta, reprodução). Para as observações em campo e coleta de exemplares será utilizado mergulho-livre e, em cavernas profundas, mergulho-autônomo que, no caso do espeleo-mergulho, envolve técnicas altamente especializadas. A detecção de "hotspots" de biodiversidade subterrânea é um importante passo para a elaboração de propostas de medidas racionais para a preservação do patrimônio espeleológico, baseadas em dados sobre a biologia, ecologia e fisiologia dos táxons, sobretudo os altamente endêmicos troglóbios. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Vida subterrânea 

Publicações científicas (10)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ARAUJO, MARCEL SANTOS; BICHUETTE, MARIA ELINA; BAUCHAN, GARY R.; OCHOA, RONALD; FAZZIO FERES, REINALDO JOSE. A new species of cave dwelling Neocarus (Acari: Opilioacaridae) from Bahia state, Brazil, with remarks on taxonomic characters. Zootaxa, v. 4402, n. 2, p. 303-322, MAR 28 2018. Citações Web of Science: 1.
BICHUETTE, MARIA ELINA; RANTIN, BIANCA; HINGST-ZAHER, ERIKA; TRAJANO, ELEONORA. Geometric morphometrics throws light on evolution of the subterranean catfish Rhamdiopsis krugi (Teleostei: Siluriformes: Heptapteridae) in eastern Brazil. Biological Journal of the Linnean Society, v. 114, n. 1, p. 136-151, JAN 2015. Citações Web of Science: 5.
RIZZATO, PEDRO PEREIRA; COSTA-, JR., EDMUNDO P. D.; TRAJANO, ELEONORA; BICHUETTE, MARIA ELINA. Trichomycterus dali: a new highly troglomorphic catfish (Silurifomes: Trichomycteridae) from Serra da Bodoquena, Mato Grosso do Sul State, Central Brazil. Neotropical Ichthyology, v. 9, n. 3, p. 477-491, JUL-SEP 2011. Citações Web of Science: 7.
BOCKMANN, FLAVIO A.; CASTRO, RICARDO M. C. The blind catfish from the caves of Chapada Diamantina, Bahia, Brazil (Siluriformes: Heptapteridae): description, anatomy, phylogenetic relationships, natural history, and biogeography. Neotropical Ichthyology, v. 8, n. 4, p. 673-706, OCT-DEC 2010. Citações Web of Science: 19.
SECUTTI, SANDRO; TRAJANO, ELEONORA. Reproductive behavior, development and eye regression in the cave armored catfish, Ancistrus cryptophthalmus Reis, 1987 (Siluriformes: Loricariidae), breed in laboratory. Neotropical Ichthyology, v. 7, n. 3, p. 479-490, JUL-SEP 2009. Citações Web of Science: 8.
TRAJANO, E.; CARVALHO, M. R.; DUARTE, L.; MENNA-BARRETO, L. Comparative study on free-running locomotor activity circadian rhythms in Brazilian subterranean fishes with different degrees of specialization to the hypogean life (Teleostei: Siluriformes; Characiformes). Biological Rhythm Research, v. 40, n. 6, p. 477-489, 2009. Citações Web of Science: 11.
FELICE, VANESSA; VISCONTI, MARIA APARECIDA; TRAJANO, ELEONORA. Mechanisms of pigmentation loss in subterranean fishes. Neotropical Ichthyology, v. 6, n. 4, p. 657-662, Dec. 2008. Citações Web of Science: 6.
KURY, A. B.; PEREZ-GONZALEZ, A. The first cave-dwelling Spinopilar Mello-Leitao 1940 (Opiliones Gonyleptidae Tricommatinae), described from a Brazilian cave. TROPICAL ZOOLOGY, v. 21, n. 2, p. 259-267, DEC 2008. Citações Web of Science: 6.
BICHUETTE, MARIA ELINA; TRAJANO, ELEONORA. Ituglanis mambai, a new subterranean catfish from a karst area of Central Brazil, rio Tocantins basin (Siluriformes: Trichomycteridae). Neotropical Ichthyology, v. 6, n. 1, p. 9-15, Mar. 2008.
BICHUETTE, MARIA ELINA; CARDOSO DE PINNA, MARIO CESAR; TRAJANO, ELEONORA. A new species of Glaphyropoma: the first subterranean copionodontine catfish and the first occurrence of opercular odontodes in the subfamily (Siluriformes: Trichomycteridae). Neotropical Ichthyology, v. 6, n. 3, p. 301-306, 2008. Citações Web of Science: 21.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.