Busca avançada
Ano de início
Entree

O controle hipotalâmico da ingesta alimentar e da termogênese: papel do MCH e do CRH

Processo: 02/11081-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2003 - 30 de abril de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Licio Augusto Velloso
Beneficiário:Licio Augusto Velloso
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiopatologia  Obesidade  Fome  Insulina  Leptina  Termogênese 

Resumo

Resistência hipotalâmica à ação da insulina e leptina devem participar da fisiopatologia da obesidade. Em projeto anterior (2000/08547-9) identificou-se através de RNA macroarray, 67 genes expressos em hipotalamo que sofrem regulação de seus níveis de expressão em animais onde induziu-se termogenese por exposição ao frio. Dois produtos destes genes apresentaram especial interesse devido a suas propriedades no controle da fome e da termogênese, sendo eles o MCH (hormônio concentrador de melanina) e o CRH (hormônio liberador de corticotrofina). Ainda, a partir de resultados obtidos no projeto anterior, evidenciou-se que o MCH participa do controle da eficiência do gasto energético envolvido com a produção de calor para manutenção da temperatura do animal exposto ao frio, sem entretanto modular sua fome. No presente projeto pretende-se avaliar fatores envolvidos com a regulação da expressão de CRH e MCH e avaliar o efeito do bloqueio prolongado da expressão destes neurotransmissores sobre ingesta e termogênese. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Obesidade pode virar problema também no Japão  
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Obesidade pode virar problema também no Japão