Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial antimicrobiano in vitro da fração hexânica e dos compostos isolados da Mikania glomerata sobre os patógenos bucais

Processo: 02/13972-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2003 - 31 de agosto de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Pedro Luiz Rosalen
Beneficiário:Pedro Luiz Rosalen
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Placa bacteriana 

Resumo

Atualmente está bem estabelecido que o biofilme dental formado por bactérias patogênicas está associado com as doenças infecciosas da cárie dental e da doença periodontal. Esses microrganismos patogênicos são os responsáveis pela produção de ácidos e produtos citotóxicos que, respectivamente, levam a desmineralização de esmalte dental e inflamação gengival1. Assim, o uso de agentes antimicrobianos eficientes contra microrganismos odonto e periodontopatogênicos é um importante meio de controle destas doenças bucais. As plantas medicinais têm sido utilizadas em várias áreas da saúde como forma alternativa de tratamento e prevenção9, e esse uso terapêutico é cada vez maior, principalmente pela população de países em desenvolvimento. As plantas do gênero Mikania, conhecidas como "guaco" ou "guaco cheiroso", são utilizadas pela medicina popular pela sua ação expectorante, broncodilatadora, antimicrobiana, antifúngica, anti-úlcera, analgésica, antiinflamatória, antiasmática, cicatrizante e anti-reumática 9,10,20,21,24. O gênero Mikania possui cerca de 400 espécies, sendo que aproximadamente 10% destas foram estudadas quimicamente2. A Mikania é encontrada nas regiões tropicais da África, Ásia e América do sul. Estudos prévios realizados em nosso apresentaram resultados promissores com a determinação do CIM, do CBM e da inibição da aderência celular sobre a superfície de vidro da Mikania laevigata e da Mikania glomerata, em baixas concentrações. Neste estudo serão avaliadas frações da Mikania glomerata, pré-selecionadas quanto à composição química, quanto as suas propriedades antimicrobianas sobre o crescimento e a viabilidade bacteriana em biofilme dental. (AU)