Busca avançada
Ano de início
Entree

Relacao entre a gordura visceral, resistencia a insulina e pressao arterial sistemica, em adolescentes puberes.

Resumo

A obesidade atinge crescente proporção em crianças e adolescentes, podendo tornar-se uma epidemia. O objetivo do estudo proposto é avaliar a relação entre a obesidade visceral, a pressão arterial sistêmica, e a resistência à insulina. O presente estudo caracteriza-se como observacional e transversal, que será realizado com pacientes pertencentes à coorte de adolescentes do ambulatório da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. O trabalho conta com a aprovação do Comitê de Ética da Unifesp. Será considerado como critério para a inclusão nesse estudo adolescentes púberes que apresentarem estado nutricional de eutrofia, sobrepeso ou obesidade. Serão excluídos do estudo os adolescentes que apresentarem objetos metálicos (órteses, próteses ou adornos) em qualquer região do corpo, gestantes e pacientes endocrinopatas (ex: Síndrome de Cushing, hipotireoidismo). A amostra planejada envolverá cerca de 100 indivíduos, que serão divididos em 2 grupos: eutróficos e sobrepesos ou obesos. A metodologia adotada para o diagnóstico do estado nutricional será o cálculo do índice de massa corporal e escore-z, segundo a Organização Mundial da Saúde. O consumo calórico e de lipídeos serão avaliados com registro alimentar de 3 dias e questionário de freqüência alimentar. A maturação sexual será avaliada segundo Tanner (1962), por médico especialista. A pressão arterial será medida por método auscultatório, e as circunferências do quadril e cintura também serão aferidas. A gordura visceral será estimada através do método de ultrassonografia, sendo que 20% da amostra total terá a gordura avaliada também pelo método da tomografia computadorizada, método validado para medir este padrão de gordura. No laboratório serão determinados o perfil lipídico, teste de tolerância à glicose, insulina de jejum associada a glicemia de jejum, para a realização do método de avaliação do modelo homeostático - HOMA e níveis séricos de ácido úrico. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SEIBERT, HELENA; PEREIRA, ALINE MARIA L.; AJZEN, SERGIO A.; KOCH NOGUEIRA, PAULO C. Abdominal circumference measurement by ultrasound does not enhance estimating the association of visceral fat with cardiovascular risk. NUTRITION, v. 29, n. 2, p. 393-398, FEB 2013. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.