Busca avançada
Ano de início
Entree

A matéria hadrônica e QCD em astrofísica: supernovas, GRBS e estrelas compactas

Processo: 07/03633-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de março de 2008 - 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Estelar
Pesquisador responsável:Jorge Ernesto Horvath
Beneficiário:Jorge Ernesto Horvath
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Manuel Máximo Bastos Malheiro de Oliveira
Pesq. associados:Douglas Galante ; Germán Lugones ; Laura Paulucci Marinho ; Lubianka Ferrari Russo Rossi ; Manuel Máximo Bastos Malheiro de Oliveira ; Marcelo Vidalis ; Marcio Guilherme Bronzato de Avellar ; Reinaldo da Silva Caraca ; Rodolfo Valentim da Costa Lima
Auxílios(s) vinculado(s):12/08030-3 - Grandes perturbações à biosfera de origem astrofísico, AV.EXT
12/02716-0 - 28th General Assembly of the international astronomical union (IAU), AR.EXT
10/16674-2 - Proceedings of the IWARA 2009, PUB.LVR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):10/05558-1 - A eletrodinâmica das estrelas de nêutrons e campos eletrodinâmicos supercríticos em astrofísica, BE.PQ
08/10943-1 - Nucleossíntese explosiva de elementos pesados em modelos exóticos, BP.PD
08/03399-3 - Oscilações de estrelas de quarks: efeitos da supercondutividade de cor, BP.MS
08/03105-0 - A matéria hadrônica e QCD em astrofísica: supernovas, GRBs e estrelas compactas, BP.TT
Assunto(s):Cosmologia (astronomia)  Estrelas compactas  Supernovas  Pulsares  Quark  Cromodinâmica quântica 

Resumo

Este projeto temático estudará a relação entre a matéria fortemente interagente que ocupa o diagrama de fases da QCD na região de elevado potencial químico e T =0 , em conexão direta com os laboratórios que a natureza fornece para a realização física desta matéria, as estrelas compactas e seus eventos de nascimento (supernovas e GRBs). Procuraremos estudar modelos de estrutura e dinâmica estelar que possam ser relacionados com a fenomenologia observada em dados de qualidade (espectros estelares, timing de pulsares, esfriamento, etc.) com o objetivo de avaliar estados hadrônicos e de quarks nos interiores, sem nos restringir aos testes "clássicos"; (massas medidas em sistemas binários) mas antes utilizando estes como parte do conjunto de observações a serem explicadas. Dedicaremos atenção à microfísica e hidrodinâmica dos modelos exóticos que postulam o aparecimento de matéria de quarks (especialmente nas suas versões auto-ligadas QM e CFL SQM) como ingrediente importante para as explosões de supernovas e surtos gama (GRBs).Estudaremos modelos exatos e soluções da estrutura estelar relativística com carga elétrica e campo magnético, tanto pelo seu interesse intrínseco quanto pelas suas possíveis aplicações a sistemas reais. Finalmente procuraremos desvendar fatos básicos ainda ignorados a respeito dos magnetares (AXPs e SGRs), tanto considerados como sistemas estelares peculiares quanto pela sua relação com questões fundamentais referidas à matéria densa no regime de campos magnéticos extremos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Os pesos-pesados do Universo 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.