Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de estruturas vesiculares exportadas e de moléculas secretadas pelos fungos patogênicos Paracoccidióides Brasiliensis e Cryptococcus Neoformans

Resumo

O objetivo geral deste projeto é utilizar os fungos patogênicos Paracoccidioides brasiliensis e Cryptococcus neoformans como modelo no estudo de estruturas vesiculares membranosas exportadas para o meio extracelular (exossomo-like) e de componentes da parede celular. Pretende-se isolar e caracterizar as vesículas, determinar sua composição em comparação com a composição de frações da parede celular, explorar seu papel imunomodulatório. e o papel da monohexosilceramida no seu mecanismo de secreção. Em C.neoformans pretendemos avaliar o papel dessas vesículas na secreção e crescimento da cápsula polissacarídica. A importância de vesículas exocíticas como um mecanismo de secreção, como transportadoras de moléculas imunomodulatórias, bem como de relevância na relação parasita-hospedeiro, tem sido reconhecida recentemente, porém sua descrição em fungos é restrita a resumos de congressos apresentados pelos grupos de pesquisa com sublinhas neste projeto. Em P. brasiliensis, as análises serão realizadas comparativamente em isolados que provocam um perfil distinto de infecção em camundongos. Serão também motivo de estudo as seguintes moléculas secretadas pelo P. brasiliensis: a chaperone Mdj1 recentemente encontrada na parede celular, as isoformas da gp43 recombinantes de P. pastoris que são motivo de patente e uma serino-tiol proteinase exocelular recombinante a ser obtida nessa levedura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GUILHEN LONGO, LARISSA VALLE; BREYER, CARLOS ALEXANDRE; NOVAES, GABRIELA MACHADO; GEGEMBAUER, GREGORY; LEITAO JR, NATANAEL PINHEIRO; OCTAVIANO, CARLA ELIZABETE; TOYAMA, MARCOS HIKARI; DE OLIVEIRA, MARCOS ANTONIO; PUCCIA, ROSANA. The Human PathogenParacoccidioides brasiliensisHas a Unique 1-Cys Peroxiredoxin That Localizes Both Intracellularly and at the Cell Surface. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 10, AUG 4 2020. Citações Web of Science: 0.
LEITAO, JR., NATANAEL P.; VALLEJO, MILENE C.; CONCEICAO, PALLOMA M.; CAMARGO, ZOILO P.; HAHN, ROSANE; PUCCIA, ROSANA. Paracoccidioides lutzii Plp43 Is an Active Glucanase with Partial Antigenic Identity with P. brasiliensis gp43. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 8, n. 8 AUG 2014. Citações Web of Science: 11.
VALLEJO, MILENE C.; NAKAYASU, ERNESTO S.; LONGO, LARISSA V. G.; GANIKO, LUCIANE; LOPES, FELIPE G.; MATSUO, ALISSON L.; ALMEIDA, IGOR C.; PUCCIA, ROSANA. Lipidomic Analysis of Extracellular Vesicles from the Pathogenic Phase of Paracoccidioides brasiliensis. PLoS One, v. 7, n. 6, p. e39463, 2012. Citações Web of Science: 42.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.