Busca avançada
Ano de início
Entree

Filogenia molecular de Microcystis (Cyanobacteria) tóxicas e não-tóxicas de ecossistemas aquáticos tropicais

Processo: 03/05773-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2003 - 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Maria Do Carmo Bittencourt de Oliveira
Beneficiário:Maria Do Carmo Bittencourt de Oliveira
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ecossistemas aquáticos  Filogenia  Cianobactérias  Microcystis  Diversidade genética  Cianotoxinas 

Resumo

A utilização de técnicas de biologia molecular tem se mostrado extremamente valiosa para inferir filogenia em cianobactérias. Apesar da importância dos estudos de ecologia molecular para o entendimento dos fatores envolvidos na formação de florações tóxicas, poucos são os estudos sobre a diversidade genética de cianobactérias no Brasil. A região do locus da ficocianina possui seqüências com taxas de substituições mais altas do que aquelas do 16SrDNA, amplamente utilizado em estudos filogenéticos de diversos grupos de organismos. Os fragmentos de DNA do cpcB-cpcA, compreendem regiões alta e moderadamente variáveis permitindo uma distinção entre gêneros, espécies e populações de cianobactérias. Considerando-se o crescente processo de eutrofização em corpos d’água brasileiros, o reduzido conhecimento sobre as espécies e linhagens tóxicas de cianobactérias e a premente necessidade de informações moleculares a serem integradas a estudos fisiológicos e ecológicos, os objetivos desta proposta são a) inferir a filogenia de linhagens brasileiras de Microcystis tóxicas (mcyB presente) e não tóxicas (mcyB ausente) através do cpcBA-IGS e regiões flanquedoras; b) investigar a relação entre os genes cpcB-cpcA e o mcyB, obtidos de linhagens tóxicas, com as variantes de microcistinas produzidas; c) contribuir para o conhecimento da diversidade genética de cianobactérias de regiões tropicais; d) investigar as relações filogenéticas entre as populações brasileiras de Microcystis spp com as de outras localidades geograficamente distantes através de seqüências disponíveis nos bancos de dados. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BITTENCOURT-OLIVEIRA, M. C.; OLIVEIRA, M. C.; PINTO, E. Diversity of microcystin-producing genotypes in Brazilian strains of Microcystis (Cyanobacteria). Brazilian Journal of Biology, v. 71, n. 1, p. 209-216, FEB 2011. Citações Web of Science: 18.
BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO; COSTA CUNHA, MARISTELA CASE; MOURA, ARIADNE DO NASCIMENTO. Genetic Polymorphism in Brazilian Microcystis spp. (Cyanobacteria) Toxic and Non-Toxic Through RFLP-PCR of the cpcBA-IGS. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 52, n. 4, p. 901-909, JUL-AUG 2009. Citações Web of Science: 9.
BITTENCOURT-OLIVEIRA‚ M.C.; MOURA‚ A.N.; GOUVÊA-BARROS‚ S.; PINTO‚ E. HIP1 DNA fingerprinting in Microcystis panniformis (Chroococcales‚ Cyanobacteria). PHYCOLOGIA, v. 46, n. 1, p. 3-9, 2007.
KUJBIDA, PAULA; CARDOZO, KARINA HELENA MORAIS; CARVALHO, VALDEMIR MELECHCO; MOURA, ARIADNE DO NASCIMENTO; COLEPICOLO, PIO; PINTO, ERNANI; BITTENCOURT-OLIVEIRA, MARIA DO CARMO. A novel rhythm of microcystin biosynthesis is described in the cyanobacterium Microcystis panniformis Komarek et al.. Biochemical and Biophysical Research Communications, v. 326, n. 3, p. 687-694, Jan. 2005.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.