Busca avançada
Ano de início
Entree

A digestão nos insetos: uma abordagem molecular, celular, fisiológica e evolutiva

Processo: 07/50320-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de janeiro de 2008 - 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Walter Ribeiro Terra
Beneficiário:Walter Ribeiro Terra
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Clelia Ferreira Terra
Auxílios(s) vinculado(s):08/56318-0 - Carlos peres Silva | Univ federal santa catarina/ufsc - Brasil, AV.BR
Bolsa(s) vinculada(s):10/19002-5 - Aminopeptidase n e as catepsinas LS de Tenebrio molitor, BP.IC
10/00517-5 - Carboxipeptidases intestinais de Spodoptera frugiperda, BP.IC
10/00695-0 - Sequenciamento das enzimas digestivas principais da larva de Musca doméstica e seus sítios de expressão, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 09/53779-0 - Biologia Estrutural das catepsinas-d intestinais de Musca doméstica, BP.PD
09/09338-9 - Beta-glicosidases intestinais de insetos e seus produtos inibidores, BP.IC
08/54198-8 - Fisiologia molecular intestinal de Tenebrio molitor, BP.DR
08/56722-6 - Beta glicosidases de dyscercus peruvianus, BP.PD
08/50484-6 - Astacina intestinal de Spodoptera frugiperda: clonagem do cDNA, expressão e localização no tubo digestório, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Enzimas  Sistema digestório  Conteúdo gastrointestinal  Insetos  Cinética enzimática  Transcriptoma 
Publicação FAPESP:http://www.fapesp.br/tematicos/saude_terra.pdf

Resumo

O tubo digestivo dos insetos é uma interface pouco protegida entre o inseto e o meio ambiente. Assim, uma compreensão da função intestinal é essencial para o desenvolvimento de novos métodos de controle agindo através do intestino, tais como o uso de plantas transgênicas para controlar insetos fitófagos. O desenvolvimento do setor passa pela ampliação da compreensão dos eventos moleculares subjacentes aos fenômenos fisiológicos intestinais, o que requer conhecimento das enzimas digestivas em detalhe estrutural, assim como de proteínas associadas a outras funções intestinais tais como: transportadores, receptores, bombas, proteínas relacionadas aos mecanismos de secreção, etc. O presente projeto aborda todos os aspectos mencionados dentro das subdivisões principais: a) estudo das enzimas digestivas mais importantes, com ênfase no desvendamento de suas especificidades e estruturas 3D; b) fisiologia molecular intestinal com a identificação das proteínas relevantes associadas às funções mencionadas, principalmente se ligadas às microvilosidades apicais; c) descrição das bases moleculares dos diferentes mecanismos de secreção intestinal de enzimas, valendo-se preferencialmente da identificação de proteínas envolvidas em fusão de membranas, transporte de vesículas e citoesqueleto. Os estudos serão conduzidos com insetos-modelo, empregando técnicas enzimológicas, proteômicas e transcriptômicas com as quais o laboratório já tem familiaridade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Digestão bloqueada, praga controlada 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.