Busca avançada
Ano de início
Entree

Doenca periodontal, parto pre-termo e recem-nascido de baixo peso em uma coorte de gestantes.

Processo: 03/07304-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2004 - 31 de janeiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Antonio Wilson Sallum
Beneficiário:Antonio Wilson Sallum
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Recém-nascido de baixo peso  Doenças periodontais 

Resumo

Este estudo tem por objetivo avaliar epidemiologicamente a doença periodontal nas gestantes do CAISM-UNICAMP, e sua possível correlação com o parto pré-termo e recém-nascido de baixo peso. Trata-se de um estudo de coorte contemporânea. Serão admitidas gestantes fazendo acompanhamento pré-natal no Hospital das Clínicas da UNICAMP, que aceitem participar voluntariamente. A voluntária, previamente esclarecida, terá um único exame bucal periodontal realizado no dia da consulta pré-natal. Este exame será realizado no setor de Odontologia do Hospital das Clínicas, localizado no andar superior ao do Ambulatório de pré-natal e que faz parte do Serviço de Odontologia do CECOM/ UNICAMP. Os dados coletados durante esta avaliação serão anotados em ficha clínica planejada especificamente para este estudo, seguindo o molde da ficha clínica usada na periodontia da FOP-UNICAMP, contendo uma anamnese e exame clínico periodontal, acrescida de informações relativas à gestação, parto e puerpério. Os parâmetros clínicos examinados serão: índice de placa, índice de sangramento gengival, profundidade de sondagem, nível de inserção clínica e retração gengival que determinam a presença ou não da doença periodontal (exposição) que é a variável independente deste estudo. As variáveis de controle serão idade, paridade, raça, escolaridade, nível educacional, renda, estado civil, hábitos alimentares, número de consultas pré-natais e fumo. As variáveis dependentes principais serão a prematuridade e o baixo peso ao nascer, coletadas através dos prontuários e fichas clínicas das gestantes ou por contato telefônico, após a data provável estimada do parto. A partir das informações contidas na ficha clínica, será elaborado um arquivo de dados através de software específico (EPI INFO). Serão analisadas as distribuições de freqüência das variáveis independentes e em seguida será realizada a análise uni e multivariada das variáveis dependentes. Será estabelecido o nível de significância de 5% e, para os procedimentos de análise estatística, serão utilizados os programas EPI INFO 6.0 e SAS. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VOGT, MARIANNA; SALLUM, ANTONIO W.; CECATTI, JOSE G.; MORAIS, SIRLEI S. Factors associated with the prevalence of periodontal disease in low-risk pregnant women. Reproductive Health, v. 9, JAN 24 2012. Citações Web of Science: 26.
VOGT, MARIANNA; SALLUM, ANTONIO W.; CECATTI, JOSE G.; MORAIS, SIRLEI S. Periodontal disease and some adverse perinatal outcomes in a cohort of low risk pregnant women. Reproductive Health, v. 7, 2010. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.