Busca avançada
Ano de início
Entree

Favorabilidade agrometeorológica da Ramulose e da mancha angular do algodoeiro

Processo: 03/07363-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2004 - 31 de outubro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Agrometeorologia
Pesquisador responsável:Paulo Cesar Sentelhas
Beneficiário:Paulo Cesar Sentelhas
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças de plantas  Mancha angular  Ramulose  Mudança climática  Algodão 

Resumo

Em câmaras de crescimento (fase I), plantas de algodeiro serão inoculadas com os patógenos da Ramulose e da Mancha Angular, separadamente, e submetidas a diversas combinações de temperatura e molhamento. Serão testadas as correlações entre essas variáveis do ambiente e os componentes monocíclicos das duas doenças. Em ensaios de campo (fase II) serão avaliadas a intensidade das doenças em áreas inoculadas e não inoculadas, com monitoramento agrometeorológico. Serão testadas as possíveis correlações entre a intensidade da doença e as variáveis meteorológicas. Os resultados obtidos em câmaras de crescimento e no campo serão avaliados em conjunto para identificar possíveis discordâncias entre a condição simulada e a condição real, campo. Serão testados os ajustes pertinentes para a proposição do modelo simulador de cada doença (fase III). Por fim, o modelo será avaliado por meio de novos ensaios de campo (fase IV), comparando-se doença estimada pelo modelo e avaliada no campo. (AU)