Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação de carga proviral de HTLV-I e perfil de citocinas entre ELISA e PCR em tempo real

Processo: 03/08901-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2003 - 31 de maio de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Jorge Simão do Rosário Casseb
Beneficiário:Jorge Simão do Rosário Casseb
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Reação em cadeia da polimerase em tempo real  Citocinas  Carga viral  HIV-1  ELISA 

Resumo

Na cidade de São Paulo, cerca de 50 mil pessoas são portadoras do HTLV-I. O HTLV-I é o agente causador da paraparesia espástica tropical/mielopatia associada com o HTLV-l (TSP/HAM) e os mecanismos desta patogênese são obscuros. A TSP/HAM é considerada uma doença imuno-mediada e algumas citocinas podem estar associadas com a lesão na membrana de mielina da coluna espinhal, provavelmente estimuladas pela presença de antígenos virais. A PCR em tempo real pode ser utilizada para a detecção de citocinas e apresenta maior sensibilidade para quantificação de citocinas e carga proviral, pela detecção do mRNA específico. Objetivos: Detecção de citocinas pelas técnicas sorológicas e de biologia molecular (PCR em tempo real) que auxiliaram no aconselhamento e avaliação de pacientes infectados pelo HTLV-I, HIV-1 e na co-infecção, além de uma avaliação da carga proviral e de mRNA dos pacientes com infecção pelo HTLV-I. Casuística: Grupo I: indivíduos soronegativos para HCV, HIV-1 e HTLV-l (Controle); Grupo II: pacientes HTLV-I assintomáticos; Grupo III: pacientes com TSP/HAM pelo HTLV-I; Grupo IV: pacientes com HIV-1; Grupo V: pacientes com HIV-1 e HTLV-I; Grupo VI: pacientes com HTLV-I, TSP/HAM e HIV-1. Assim, propomos a quantificação das citocinas pela PCR em tempo real, a partir de cultura celular pela detecção da expressão do mRNA, pois novos trabalhos indicam que a carga viral mensurada no mRNA da região Tax poderia elevar essa sensibilidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONTANHEIRO, P. A.; PENALVA DE OLIVEIRA, A. C.; SMID, J.; FUKUMORI, L. M. I.; OLAH, I.; DUARTE, A. J. DA S.; CASSEB, J. The Elevated Interferon Gamma Production is an Important Immunological Marker in HAM/TSP Pathogenesis. Scandinavian Journal of Immunology, v. 70, n. 4, p. 403-407, OCT 2009. Citações Web of Science: 24.
MONTANHEIRO‚ P.; OLAH‚ I.; FUKUMORI‚ L.M.I.; SMID‚ J.; OLIVEIRA‚ A.C.P.; KANZAKI‚ L.I.B.; FONSECA‚ L.A.M.; DUARTE‚ A.J.S.; CASSEB‚ J. Low DNA HTLV-2 proviral load among women in Sao Paulo City. VIRUS RESEARCH, v. 135, n. 1, p. 22-25, 2008.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.