Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterizacao molecular das toxinas do veneno do peixe thalassophryne nattereri.

Processo: 03/11015-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2004 - 30 de abril de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Ana Maria Moura da Silva
Beneficiário:Ana Maria Moura da Silva
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Clonagem  Expressão  Sequenciamento  Transcriptoma  Inflamação 

Resumo

Os trabalhos que estamos desenvolvendo com o veneno do peixe Thalassophryne nattereri nos apontam a importância do estudo de suas toxinas para o entendimento do envenenamento causado pelo peixe e para a descoberta de eventuais ferramentas biológicas. O veneno age em doses baixíssimas capazes de induzir nos pacientes dor, edema e necrose, bastante severos, além de promover alterações pronunciadas na microcirculação e em fibras musculares de animais de experimentação. Um mecanismo de ação já elucidado correlaciona a atividade tipo calicreína tecidual com a indução de nocicepção e edema. Por outro lado, a intensa coagulação que ocorre na microcirculação de camundongos foi dependente de endotélio. Estes dados sugerem que este modelo de estudo pode ser muito importante para elucidar a inter-relação do sistema calicreina-cininogênio-cinina e coagulação intravascular, a partir de substâncias liberadas por células endoteliais, por estímulo exógeno. Como continuidade desse projeto, estamos trabalhando na caracterização da estrutura primária das toxinas do veneno através de abordagem de química de proteínas (isolamento e seqüenciamento de peptídeos internos e N-terminal) que se soma a de biologia molecular (transcriptoma da glândula venenífera do peixe e expressão dos cDNAs que codificam toxinas majoritárias). Esta abordagem abrirá novos caminhos para a exploração do papel farmacológico das toxinas identificadas através de correlações entre estrutura e função das mesmas. Paralelamente a este estudo, um outro projeto vem sendo conduzido no laboratório, sob coordenação da Dra. Mônica Lopes Ferreira, visando a caracterização farmacológica do mecanismo de ação dessas toxinas. Dessa forma, o objetivo principal deste projeto consiste na caracterização molecular das toxinas majoritárias do veneno de T. nattereri para estudos das relações entre estrutura e função com base nas principais atividades farmacológicas do veneno. (AU)