Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do exercício progressivo em esteira em equinos da raça Árabe suplementados com Vitamina E (dl-alfa-tocoferol) sobre 2,3 Difosfoglicerato, glutationa reduzida e superóxido dismutase eritrocitários, malondialdeído e ânion superóxido, peróxido de hidrogênio e óxido nítrico em neutrófilos e monócitos

Processo: 03/12077-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2004 - 30 de novembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Aguemi Kohayagawa
Beneficiário:Aguemi Kohayagawa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Equinos  Cavalos árabes  Espécies de oxigênio reativas  Estresse oxidativo  Peroxidação de lipídeos  Vitamina E  Lesão muscular 

Resumo

O maior consumo de oxigênio durante o exercício acarreta aumento da produção de espécies reativas do oxigênio (ROS) que lesam as estruturas dos eritrócitos induzindo a hemólise e em leucócitos reduzindo a quimiotaxia e a "explosão respiratória" dos fagócitos dos neutrófilos e monócitos. As lesões musculares também ocorrem como conseqüência da lipoperoxidação e estresse oxidativo resultante do exercício progressivo. Entretanto, o dl-alfa-tocoferol (vitamina E) como agente antioxidante contribui para diminuir os efeitos oxidativos do ROS nas células e tecidos. Portanto, este projeto pretende avaliar o efeito fisiológico do exercício e deletério dos radicais livres indiretamente, sob o ponto de vista hematológico e bioquímico, in vivo, nos eritrócitos e in vitro, nos neutrófilos e monócitos, além de avaliar a lipoperoxidação e indiretamente, avaliar as lesões musculares correlacionando com o treinamento e concentração sérica de vitamina E em eqüinos submetidos ao exercício progressivo em esteira de alta velocidade. (AU)