Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de cepas de Helicobacter pylori resistentes a claritromicina em biópsias gástricas de indivíduos infectados de Marília-SP

Processo: 03/12128-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2004 - 31 de janeiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcia Aparecida Speranca
Beneficiário:Marcia Aparecida Speranca
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Gastropatias  Técnicas de diagnóstico molecular  Helicobacter pylori  Resistência a múltiplos medicamentos  Reação em cadeia por polimerase (PCR) 

Resumo

A presença de H. pylori na mucosa gástrica humana, tem sido fortemente associada a ocorrência de gastrites, úlcera péptica ou duodenal e neoplasias gástricas. O tratamento indicado para indivíduos infectados consiste em regime triplo ou quádruplo com os antibióticos metronidazole, claritromicina, amoxicilina ou tetraciclina e um inibidor de bomba de próton. Em diversas populações, tem sido verificado uma alta incidência de indivíduos que não respondem ao tratamento. e vários estudos demonstraram a emergência de cepas resistentes aos antibióticos utilizados. Devido às dificuldades no cultivo de H. pylori, organismo microaerofílico de crescimento lento, não há testes padronizados de sensibilidade. Assim, a utilização de testes moleculares para detecção de genes que conferem resistência à bactéria serão de grande utilidade. Portanto, este projeto visa estudar a prevalência de cepas de H. pylori resistentes à claritromicina através da utilização de teste molecular diretamente a partir de biópsias gástricas utilizadas para (AU)