Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades elétricas de vidros parcialmente cristalizados

Processo: 03/12495-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2004 - 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Ana Candida Martins Rodrigues
Beneficiário:Ana Candida Martins Rodrigues
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Condutividade elétrica  Propriedades elétricas  Eletrólitos poliméricos  Vidro  Vitrocerâmica 

Resumo

Deseja-se investigar propriedades elétricas, com ênfase em condutividade elétrica, de vidros parcialmente cristalizados com o auxílio da técnica de espectroscopia de impedância. Muitos dados sobre condutividade iônica em vidros são atualmente disponíveis em literatura, porém o mesmo não pode ser dito sobre propriedades elétricas de vitrocerâmcias ou vidros parcialmente cristalizados. Ressalta-se também que os mecanismos de condutividade fônica em vidros ainda não são completamente elucidados. A técnica de espectroscopia de impedância, cuja aplicação ao estudo da condução em materiais cerâmicos já é bem conhecida, pode também contribuir ao entendimento dos fenômenos envolvidos na condutividade elétrica de vitrocerâmicas. Pretende-se estudar vidros que nucleiam homogeneamente, como o dissilicato de lítio, (0,33Li2O.0,66SiO2) ou o vidro 1Na2O.2CaO.3SiO2, além de outros sistemas de interesse, como detalhado no projeto. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
A. M. CRUZ; A. C. M. RODRIGUES. Espectroscopia de impedância e microestrutura de vitrocerâmicas Li1+x[Al xGe2-x(PO4) 3] condutoras por íons lítio. Cerâmica, v. 53, n. 326, p. 180-186, Jun. 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.