Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do superfosfato triplo na eficiência de um fosfato natural para milho e soja, avaliado pelo método da diluição isotópica de 32P

Processo: 03/13460-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2004 - 31 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Takashi Muraoka
Beneficiário:Takashi Muraoka
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Fertilizantes fosfatados  Fosfatos naturais  Superfosfatos  Diluição isotópica  Solubilização  Milho  Soja 

Resumo

A presença de fósforo na forma solúvel, como fertilizantes melhora consideravelmente a eficácia do fosfato natural de alta e média reatividade, cujo efeito é atribuído a disponibilidade de P na fase inicial do desenvolvimento da planta. Não se sabe porém, se esse efeito ocorre também quando o fosfato natural é de baixa reatividade, como o nosso, nem tampouco se esse efeito possa ser também químico da acidez residual da fonte solúvel. O objetivo do trabalho é avaliar o efeito de um fertilizante fosfatado solúvel em água na eficiência de um FN de baixa reatividade como fonte de fósforo, para cultura de milho e soja em um solo de cerrado, usando a técnica da diluição isotópica (32P). Por causa das possíveis interações (efeito "priming") entre P solúvel em água, P do FN e P do solo, o uso de 32P como traçador é imprescindível para distinguir a disponibilidade do P do solo, FN e solúvel em água. Serão realizados três ensaios para cada cultura para: a) Verificar o efeito de diferentes proporções da combinação superfosfato triplo com fosfato natural. b) Verificar se o efeito é fisiológico (disponibilidade inicial de P) ou também químico (acidificação). c) Avaliar o efeito da dose da mistura no desenvolvimento de milho. (AU)