Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos pleitropicos precoces do fenofibrato e atorvastatina, isolados ou combinados, apos sindrome coronariana aguda em pacientes com sindrome metabolica.

Processo: 04/00325-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2004 - 31 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Francisco Antonio Helfenstein Fonseca
Beneficiário:Francisco Antonio Helfenstein Fonseca
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hemostasia  Inflamação  Síndrome metabólica 

Resumo

Na sociedade moderna, a síndrome metabólica constitui um dos principais mecanismos para eventos coronarianos. O benefício de fibratos foi demonstrado em pacientes com níveis plasmáticos reduzidos do HDL-c e aumentados de triglicérides (uma característica comum destes pacientes). Entretanto, as vastatinas mostraram-se eficazes na redução de eventos coronarianos, mesmo em pacientes com baixos níveis de HDL-c. As diretrizes atuais privilegiam a meta de LDL-c < 100mg/dL em pacientes coronarianos, mas não existem estudos comparativos entre estas classes de fármacos, com LDL-c < 130 mg/dL, especialmente em pacientes diabéticos ou com síndrome metabólica, que compartilhem baixos níveis de HDL-c. Propriedades pleiotrópicas, incluindo ações na inflamação, vasorreatividade, hemostasia e crescimento celular têm sido descritas para fibratos e vastatinas. O presente estudo objetiva avaliar os efeitos precoces do fenofibrato e da atorvastatina, isolados ou combinados, nos principais mecanismos de passivação de placas, após uma síndrome isquêmica aguda. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PINTO MATHEUS FISCHER, SIMONE CRISTINA; PINTO, SIMONE PIRES; DO AMARAL SILVA LINS, LIVIA CAMPOS; BIANCO, HENRIQUE TRIA; DE CASTRO MONTEIRO, CARLOS MANOEL; MUNIZ PINHEIRO, LUIZ FERNANDO; HELFENSTEIN FONSECA, FRANCISCO ANTONIO; DE OLIVEIRA IZAR, MARIA CRISTINA. Association of Multiple Genetic Variants with the Extension and Severity of Coronary Artery Disease. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 110, n. 1, p. 16-22, JAN 2018. Citações Web of Science: 1.
SIMONE CRISTINA PINTO MATHEUS FISCHER; SIMONE PIRES PINTO; LÍVIA CAMPOS DO AMARAL SILVA LINS; HENRIQUE TRIA BIANCO; CARLOS MANOEL DE CASTRO MONTEIRO; LUIZ FERNANDO MUNIZ PINHEIRO; FRANCISCO ANTONIO HELFENSTEIN FONSECA; MARIA CRISTINA DE OLIVEIRA IZAR. Association of Multiple Genetic Variants with the Extension and Severity of Coronary Artery Disease. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 110, n. 1, p. -, Jan. 2018.
IZAR, MARIA C.; FONSECA, HENRIQUE A.; PINHEIRO, LUIZ F.; MONTEIRO, CARLOS M.; POVOA, RUI M.; MONTEIRO, ANDREA M.; FIGUEIREDO-NETO, ANTONIO M.; GIDLUND, MAGNUS A.; FONSECA, FRANCISCO A. Adaptive immunity is related to coronary artery disease severity after acute coronary syndrome in subjects with metabolic syndrome. Diabetes & Vascular Disease Research, v. 10, n. 1, p. 32-39, JAN 2013. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.