Busca avançada
Ano de início
Entree

Metodologia para a determinação do teor de água imóvel no solo e a sua correlação com as propriedades de retenção e de condução do solo quase-saturado

Processo: 04/01769-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2004 - 30 de abril de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Quirijn de Jong van Lier
Beneficiário:Quirijn de Jong van Lier
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Água do solo  Dinâmica de solutos nos solos 

Resumo

O movimento da água no solo é um dos assuntos mais intensivamente estudados na física do solo, principalmente devido sua importância relacionada à disponibilidade de água para as plantas e ao transporte de solutos no solo. Observações de fluxos de solutos em solos indicaram que, embora a equação de Darcy-Buckingham pudesse descrever bem o fluxo de água de um ponto do solo a outro em condições de equilíbrio, ela falha quando ocorrem fenômenos do tipo "fluxo preferencial" em que alguns poros grandes conduzem a solução do solo muito mais rapidamente que o previsto pela própria equação. Essa noção levou a modelos bifásicos que dividem a água do solo numa fase "móvel" e numa "imóvel". A existência dessas duas fases tem relevância direta para a modelagem do movimento de solutos, nutrientes ou poluentes, no solo. O presente projeto objetiva desenvolver uma metodologia para a determinação do teor de água imóvel no solo bem como investigar as correlações existentes entre condutividade hidráulica, retenção de água e mobilidade da água no solo. Os resultados serão aproveitados como parâmetros de entrada de um modelo de balanço de solutos em fase de desenvolvimento. (AU)