Busca avançada
Ano de início
Entree

O transe de possessão como linguagem corporal: cinesias e comunicação no contexto umbandista

Processo: 04/03463-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2004 - 31 de março de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:José Francisco Miguel Henriques Bairrão
Beneficiário:José Francisco Miguel Henriques Bairrão
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Etnopsicologia  Comunicação não verbal  Linguagem corporal  Umbanda  Transe  Possessão espiritual 

Resumo

Partindo do amplo consenso existente na literatura descritiva e nas análises qualitativas sobre o transe, que apontam o seu cunho eminentemente social e significativo e asseveram não se restringir a sua capacidade de comunicação ao nível verbal, vai testar-se se há e quais seriam as cinesias e articulações corporais envolvidas em danças e rituais umbandistas que comunicariam a identidade de categorias do panteão. Serão sujeitos trinta médiuns umbandistas experientes ("coroados") do estado de São Paulo. Visa-se subsidiar o levantamento de elementos para uma descrição da "sintaxe corporal" subjacente a performances rituais e festivas populares brasileiras e contribuir para o desenvolvimento de um saber etnopsicológico pertinente à realidade nacional. (AU)