Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao parametrica do cloridrato de dexmedetomidina em caes pre-tratados pela atropina e tratados pela quetamina em associacao com o midazolam e/ou diazepam.

Processo: 04/07004-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2004 - 31 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Flavio Massone
Beneficiário:Flavio Massone
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Diazepam  Dexmedetomidina  Midazolam  Cães 

Resumo

Visa-se empregar uma técnica de sedação padronizada, utilizando-se o cloridrato de dexmedetomidina pela via intravenosa em associação com a quetamina e o midazolam, ou diazepam, observando assim seu efeito em cães. A técnica anestésica será aplicada em 30 cães hígidos com pesos e idades variáveis, machos ou fêmeas. Os animais serão distribuídos em três grupos (GI, GII, GIII). O grupo I receberá um pré-tratamento de atropina, na dose de 0,044 mg/kg, e após 15 minutos receberá a dexmedetomidina na dose de 3μg/kg pela via intravenosa, em dose única durante 2 minutos e uma dose de manutenção, completando-se para 20ml de solução fisiológica, de 3μg/kg, juntamente com a quetamina na dose de 2mg/kg, durante os próximos minutos perfazendo uma hora de prostração. O grupo II receberá o mesmo tratamento de GI recebendo, entretanto, juntamente com a dexmedetomidina, o midazolam na dose de 0,1mg/kg durante os dois minutos e outra dose, de 0,1mg/kg junto com a dose de manutenção da dexmedetomidina e quetamina. O grupo III receberá o mesmo tratamento de GII só que ao invés do midazolam, será usado o diazepam na dose de 0,25mg/kg na dose de indução e mais 0,25mg/kg junto com a dose de manutenção.Será avaliado o efeito das benzodiazepinas frente ao efeito indesejável causado pela quetamina (convulsões espásticas) sobre a dexmedetomidina, além dos períodos de latência, prostração e recuperação, e dos parâmetros fisiológicos respiratórios e oxicapnométricos. (AU)