Busca avançada
Ano de início
Entree

Extração supercrítica de substâncias ativas de plantas nativas e exóticas: estudos comparativos entre escalas laboratorial e piloto

Processo: 05/60485-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de outubro de 2006 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Maria Angela de Almeida Meireles Petenate
Beneficiário:Maria Angela de Almeida Meireles Petenate
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Empresa: Anidro do Brasil Exportações Ltda
Município: Campinas
Assunto(s):Plantas nativas  Plantas exóticas  Óleos essenciais  Extratos (formas farmacêuticas) 

Resumo

Neste projeto de Parceria para a Inovação Tecnológica (PITE 2) pretende-se estabelecer bases para a implantação da primeira planta industrial de tecnologia supercrítica na América do Sul. Para tanto, quer-se formar recursos humanos especializados na universidade e transferi-los para a empresa, bem como obter os parâmetros de processo para a estimativa dos custos de manufatura de extratos (e frações) de plantas brasileiras e exóticas (neste segundo caso, objetivando substituição de importação) por tecnologia supercrítica, com altos teores de substâncias de interesse medicinal nutracêutico (fitomarcadores). Serão determinadas as isotermas de rendimento global para seleção das condições de processo que maximizem o teor no fitomarcador selecionado. Os extratos serão concentrados em seus respectivos fitomarcadores empregando-se adsorção/dessorção com a fase móvel CO2 ou CO2 modificado pela adição de água, etanol e sais; cromatografia em coluna a baixa pressão e extração fracionada serão estudas como processos alternativos. Com o objetivo de se criar dados consistentes que possibilitem extrapolações para as condições de operação de uma planta industrial (e, assim, permitam uma análise detalhada da viabilidade técnica e econômica), protocolos de extração e padronização dos extratos, bem como os cálculos de custo de manufatura, serão realizados tanto em equipamentos laboratoriais e de bancada como em um equipamento piloto, para cada espécie. As composições químicas dos extratos serão determinadas por cromatografia gasosa, cromatografia líquida de alta eficiência e cromatografia em camada delgada. (AU)

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

PROCESSO DE EXTRAÇÃO E PROCESSO DE PURIFICAÇÃO EM SÉRIE DE SUBSTÂNCIAS ATIVAS E CORANTES A PARTIR DE MATRIZES SÓLIDAS, UTILIZANDO CO2 SUPERCRÍTICO: BIXINA PROVENIENTE DO URUCUM PI0605425-0 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) . Maria Ângela de Almeida Meireles; Patrícia Franco Leal; Paulo de Tarso Vieira e Rosa - 17 de novembro de 2006