Busca avançada
Ano de início
Entree

Osteossarcomas caninos: estudo histopatologico, imunoistoquimico, da atividade proliferativa e correlacao prognostica.

Processo: 04/08766-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2005 - 28 de fevereiro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Eliane Maria Ingrid Amstalden
Beneficiário:Eliane Maria Ingrid Amstalden
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Osteossarcoma  Imuno-histoquímica  Neoplasias  Cães 

Resumo

As neoplasias ósseas primárias nos cães são raras. Dentre estas destaca-se o osteossarcoma coma a mais comum e de alta malignidade. O osteossarcoma é uma neoplasia maligna de origem mesenquimatosa com produção de matriz óssea Padrão celular heterogêneo é comum, o qual pode estar vinculado a prognósticos distintos. As propriedades imunoistoquímicas têm sido pouco estudadas no que se refere à caracterização dos tipos celulares, bem quanto à atividade proliferativa. Objetivos: determinar as características de diferenciação celular e atividade proliferativa, correlacionando estes achados com os diferentes subtipos histológicos e o comportamento biológico. Efetuar-se-á estudo retrospectivo dos casos de osteossarcoma canino de 1990 a 2002, do Depto. A. Patológica / FMVZ / USP. Os procedimentos de imunoistoquímica serão realizados no Depto de Anat. Patológica e Lab. de Imunoistoquímica do CAISM / FCM / UNICAMP. Os resultados serão submetidos a tratamento estatístico. (AU)