Busca avançada
Ano de início
Entree

Fibrilação atrial crônica e distúrbios cognitivos. estudo de base populacional

Processo: 04/11915-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2005 - 31 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Paulo Andrade Lotufo
Beneficiário:Paulo Andrade Lotufo
Instituição-sede: Hospital Universitário (HU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento  Fibrilação atrial  Demência 

Resumo

O aumento da proporção de idosos propicia maior prevalência de distúrbios cognitivos. Uma das causas principais são os acidentes vasculares cerebrais, em parte motivado pela presença de fibrilação atrial crônica. A determinação da prevalência de fibrilação atrial no Brasil é desconhecida, bem como a sua associação com os distúrbios cognitivos. Em estudo já financiado pela Welcome Trust para avaliar a relação entre genótipos e distúrbios cognitivos em população moradora do bairro do Butantã em São Paulo pretende-se determinar por meio de eletrocardiografia de repouso a presença de fibrilação atrial para se verificar o grau de associação com distúrbios cognitivos, como também determinar a prevalência dessa arritmia. O número total de participantes será de 2000 com mais de 65 anos de idade de ambos os sexos. Como covariáveis será consideradas idade, presença de angina pelo questionário de Rose, infarto antigo pelo código de Minnesota e, fatores de risco cardiovasculares clássicos como hipertensão arterial, diabetes, tabagismo e dislipidemia. (AU)