Busca avançada
Ano de início
Entree

Glicina na prevenção da enterocolite necrosante neonatal: estudo experimental em ratos

Processo: 04/12449-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2005 - 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Jose Luiz Martins
Beneficiário:Jose Luiz Martins
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gastroenteropatias  Enterocolite necrosante  Recém-nascido de baixo peso  Glicina  Anóxia 

Resumo

A enterocolite necrosante neonatal (ECN) continua sendo a mais importante causa de mortalidade e morbidade em crianças com baixo peso ao nascer. Muitos modelos animais têm sido utilizados demonstrando a hipóxia como fator etiopatogênico desta doença intestinal e vários agentes farmacológicos são descritos como atenuantes da lesão por isquemia e reperfusão intestinal. A glicina é um aminoácido simples, que na literatura vêm sendo citada como agente anti-inflamatório, imuno modulador e citoprotetor. Há relatos de sua proteção contra o choque, prevenção da lesão por isquemia e reperfusão em diversos órgãos e tecidos e diminuição da lesão renal e hepática causada por drogas. O objetivo do projeto é avaliar o efeito da glicina, que será utilizada por via oral e parenteral, na prevenção da lesão intestinal que ocorre na enterocolite necrosante neonatal, em um modelo de hipóxia/reoxigenação em ratos recém-nascidos. Esta avaliação será realizada por exame anátomo-patológico e pela dosagem de malondialdeído e outros produtos da peroxidação de lipídeos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KARINE FURTADO MEYER; JOSÉ LUIZ MARTINS; LUIZ GONZAGA DE FREITAS FILHO; MARIA LUIZA VILELA OLIVA; FRANCY REIS DA SILVA PATRÍCIO; MAURÍCIO MACEDO; LINA WANG. Avaliação de um modelo experimental de enterocolite necrosante neonatal em ratos. Acta Cirurgica Brasileira, v. 21, n. 2, p. 113-118, Abr. 2006.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.