Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa de genes para a produção de lipases e proteases, em cepas de Corynebacterium bovis, isoladas de glândulas mamárias de vacas com mastite, e verificação do crescimento do agente sob temperatura de refrigeração

Processo: 04/13615-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2005 - 31 de março de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Helio Langoni
Beneficiário:Helio Langoni
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):06/01049-0 - Pesquisa de genes para a produção de lipases e proteases, em cepas de Corynebacterium bovis, isoladas de glândulas mamárias de vacas com mastite, e verificação do crescimento do agente sob temperatura de refrigeração, BP.TT
Assunto(s):Leite  Mastite bovina  Pasteurização  Bactérias termodúricas  Corynebacterium bovis  Reação em cadeia por polimerase (PCR)  Lipase  Peptídeo hidrolases 

Resumo

Alguns microrganismos causadores de mastites possuem a capacidade de se multiplicar em temperaturas de refrigeração, sendo denominados de psicrotróficos, e alguns tem a capacidade de produzir enzimas termoestáveis, que degradam proteínas e lipídeos, promovendo alterações importantes no leite armazenado por longos períodos de tempo, como é o caso do leite "longa vida". Alguns autores consideram que microrganismos do gênero Corynebacterium, são capazes de se multiplicar sob temperaturas inferiores a 74C, e outros afirmam ainda, que algumas espécies resistem aos processos de pasteurização convencionais, sendo denominados de termodúricos. O presente projeto, objetiva o estudo da capacidade de multiplicação do Corynebacterium bovis em baixas temperaturas, bem como a pesquisa da presença dos genes lipA e aprX responsáveis, respectivamente, pela produção de lípases e proteases. (AU)