Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismo molecular da diferenciação de células leucêmicas: envolvimento de proteínas fosfatases e proteínas quinases ativadas por mitógenos

Processo: 04/13724-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2006 - 30 de junho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Carmen Veríssima Ferreira
Beneficiário:Carmen Veríssima Ferreira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Produtos naturais  Leucemia 

Resumo

A fosforilação/desfosforilação de proteínas catalisada pelas proteínas quinases e fosfatases, respectivamente, é responsável pelo controle de importantes eventos celulares. Dentre os tipos de proteínas quinases e proteínas fosfatases, as proteínas quinases ativadas por mitógenos e as proteínas serinaltreonina e tirosina fosfatases regulam diferentes respostas celulares, como diferenciação, proliferação e apoptose. Produtos naturais representam importante fonte de potenciais agentes antitumorais. Neste contexto, violaceína tem despertado interesse por induzir apoptose e diferenciação de células leucêmicas (HL60) em concentração na ordem de nM. Desta forma, os objetivos gerais deste projeto são: a) explicar a dependência das MAPKs e proteínas fosfatases para a diferenciação das células HL60 induzida pela violaceína e b) avaliar a possível resistência das células HL60 durante o tratamento com este composto. O desenvolvimento da resistência frente a um amplo espectro de fármacos citotóxicos freqüentemente limita o sucesso do tratamento da leucemia mielóide aguda. Portanto, é de grande relevância a elucidação dos mecanismos moleculares da ação de novos agentes. Desta forma, este projeto auxiliará na compreensão do papel biológico das MAPKs e proteínas fosfatases na indução da diferenciação das células HL60, na aquisição da resistência e no direcionamento para uma possível aplicação farmacológica da violaceína. (AU)