Busca avançada
Ano de início
Entree

Substituicao do milho pela casca de soja em dietas para cordeiros santa ines: desempenho, digestibilidade aparente dos nutrientes, parametros ruminais e sanguineos.

Processo: 04/15828-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2006 - 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Alexandre Vaz Pires
Beneficiário:Alexandre Vaz Pires
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ovinos  Eficiência  Confinamento  Digestibilidade 

Resumo

Três experimentos serão conduzidos para avaliar os efeitos da substituição do milho pela casca de soja (CS) na dieta de cordeiros confinados. Os tratamentos, serão definidos pela substituição do milho pela CS, mantendo as dietas isonitrogenadas e contendo 10% de feno na MS: T0CS - Tratamento Controle, sem CS na dieta; T15CS - substituição de 15% da MS total de milho do T0CS; T30CS - substituição de 30% da MS total de milho do T0CS; T45CS - substituição de 45% da MS total de milho do T0CS. Exp I - Desempenho: Sessenta e quatro cordeiros não castrados Santa Inês (média de 18 kg e dois meses de idade) receberão as dietas experimentais em regime de confinamento por 56 dias. O delineamento experimental será o de blocos ao acaso, sendo estes definidos pela idade e peso iniciais. Dois animais serão confinados em cada baia, contendo piso de concreto, cocho e bebedouros. As variáveis avaliadas serão o ganho médio diário, o consumo diário de matéria seca, a conversão alimentar e alguns parâmetros de carcaça. Exp. II - Digestibilidade: Quatro cordeiros Santa Inês (média de 35 kg e 5 meses de idade) fistulados no rúmen serão distribuídos em um delineamento de quadrado latino 4 x 4. Os animais serão alojados em gaiolas de metabolismo por quatro períodos de 14 dias (10 dias de adaptação e quatro dias de colheita). Serão avaliadas a digestibilidade dos nutrientes no trato total, o consumo diário de matéria seca, o balanço de nitrogênio, além de parâmetros ruminais e sangüíneos. Exp. III - Comportamento Ingestivo: Cada animal será avaliado individualmente, durante 24h, com observações feitas a cada cinco minutos. Serão determinados os tempos gastos com ingestão e ruminação expressos em minutos/dia, minutos/g MS e minutos/g FDN consumida. (AU)