Busca avançada
Ano de início
Entree

Disfunção ventricular no pós-operatório da intervenção cirúrgica para correção dos defeitos congênitos da Tetralogia de Fallot: estudo de correlação clínica e anatomopatológica

Processo: 05/01476-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2006 - 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Vera Demarchi Aiello
Beneficiário:Vera Demarchi Aiello
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiopatias congênitas  Disfunção ventricular  Tetralogia de Fallot  Morfologia (anatomia)  Troponina 

Resumo

A Tetralogia de Fallot é uma má formação congênita do coração com alta mortalidade para os que não recebem tratamento cirúrgico. Este, atualmente, oferece procedimento paliativo e/ou correção dos defeitos com mortalidade de um a seis por cento. Esta taxa ainda é alta, se comparada à taxa de mortalidade de outras cirurgias cardíacas. Um subgrupo dos pacientes portadores de Tetralogia de Fallot submetidos à intervenção cirúrgica para correção da cardiopatia evolui com Síndrome de Baixo Débito, possivelmente por disfunção dos ventrículos, ou de um deles. Estas disfunções podem ocorrer no pós-operatório imediato ou após longo período de tempo, proporcionando maior morbimortalidade no pós-operatório imediato e tardio e/ou incapacidade física de graus variáveis no pós-operatório tardio. A causa destas disfunções ainda não está completamente elucidada. Conhecer o(s) fator(es) determinante(s) e a incidência no nosso meio da disfunção ventricular no pós-operatório da intervenção cirúrgica para correção dos defeitos congênitos da Tetralogia de Fallot fornece subsídios para o aprimoramento das técnicas clínicas e cirúrgicas utilizadas no tratamento deste grupo de pacientes. Esta pesquisa quer testar a hipótese de que as disfunções ventriculares que surgem no pós operatório precoce da intervenção cirúrgica para correção dos defeitos congênitos da Tetralogia de Fallot sejam o resultado das injúrias agudas intra-operatórias, exacerbadas pelas características próprias do remodelamento miocárdico preexistentes, e pelas características hemodinâmicas relacionadas às lesões residuais. Objetivo: Estudar a influência do remodelamento ventricular presente no pré-operatório, dos efeitos de agressão miocárdica intra-operatória e das lesões residuais no surgimento de disfunção ventricular na evolução pós-operatória imediata e precoce (até 30 dias) da intervenção cirúrgica para correção dos defeitos congênitos da Tetralogia de Fallot. Casuística e Métodos: Estudo de uma série de casos que avaliará os pacientes consecutivos que se submeterem à intervenção cirúrgica para correção dos defeitos congênitos da Tetralogia de Fallot no Instituto do Coração, Faculdade de Medicina - Universidade de São Paulo. Serão estudadas 30 crianças consecutivas portadoras de Tetralogia de Fallot que tiverem programado sua internação para intervenção cirúrgica no Incor no período da pesquisa. Serão avaliadas: as características demográficas; clínicas pré e pós-operatórias; as características anatômicas e hemodinâmicas pré e pós-operatórias através de exames ecocardiográficos; a existência de efeitos deletérios intra-operatórios no miocárdio através da dosagem arterial de Troponina T no pós-operatório imediato; as características histológicas do remodelamento miocárdio e as modificações histológicas do miocárdio ocorridas após a cirurgia em material coletado dos ventrículos através de biópsias. Os casos serão divididos em grupos conforme a presença ou ausência de disfunção ventricular direita e esquerda, sistólica ou diastólica para Verificar a associação das variáveis descritas acima com a apresentação de disfunção ventricular no pós-operatório da intervenção cirúrgica para correção dos defeitos congênitos da Tetralogia de Fallot. Os dados serão computados e analisados com o auxílio do programa SigmaStat versão 2,03. As variáveis contínuas serão apresentadas com média e desvio padrão. Serão utilizados para a comparação entre os grupos o teste t studente/ou Mann-whitney e o Qui-quadrado. Os resultados serão interpretados considerando-se o nível de significância de 5%. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KNOLL FARAH, MARIA CECILIA; PINHEIRO CASTRO, CLAUDIA REGINA; MOREIRA, VALERIA DE MELO; BINOTTO, MARIA ANGELICA; GUERRA, VITOR COIMBRA; RISO, ARLINDO DE ALMEIDA; MARCIAL, MIGUEL BARBERO; LOPES, ANTONIO AUGUSTO; MATHIAS, JR., WILSON; AIELLO, VERA DEMARCHI. The Impact of Preexisting Myocardial Remodeling on Ventricular Function Early after Tetralogy of Fallot Repair. Journal of the American Society of Echocardiography, v. 23, n. 9, p. 912-918, SEP 2010. Citações Web of Science: 11.
MARIA CECÍLIA KNOLL FARAH; CLÁUDIA REGINA PINHEIRO DE CASTRO; VALÉRIA MELLO MOREIRA; ARLINDO DE ALMEIDA RISO; ANTONIO AUGUSTO BARBOSA LOPES; VERA DEMARCHI AIELLO. O miocárdio na tetralogia de Fallot: estudo histológico e morfométrico. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 92, n. 3, p. 169-177, Mar. 2009.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.