Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de RNAm e imunorrreatividade para os receptores AMPA e proteínas precursoras de beta-amilóide no cérebro de ratos submetidos ao estresse por isolamento social

Processo: 05/01501-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2005 - 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Maria Luiza Nunes Mamede Rosa
Beneficiário:Maria Luiza Nunes Mamede Rosa
Instituição-sede: Faculdades Integradas Padre Albino (FIPA). Fundação Padre Albino (FPA). Catanduva , SP, Brasil
Assunto(s):Neurofarmacologia  Sistema nervoso central  Neurotransmissores  Receptores de AMPA  RNA mensageiro  Isolamento social  Estresse 

Resumo

As alterações fisiológicas que ocorrem no Sistema Nervoso Central (SNC) como consequência do estresse têm sido estudadas utilizando vários modelos experimentais como a imobilização forçada, o isolamento social, o nado forçado, entre outros. A natureza, a intensidade e a frequência do estímulo estressante aplicado podem ativar mecanismos celulares distintos e induzir diferentes graus de alterações cerebrais, sendo amplamente utilizados como modelos para o estudo das patologias do SNC. A neurotransmissão excitatória glutamatérgica participa de várias funções fisiológicas e patológicas do SNC. Através da interação com diferentes receptores, o glutamato tem sido associado às alterações comportamentais e/ou neuronais induzidas por vários fatores como ansiedade, depressão, estresse, envelhecimento natural, doenças neurológicas e psiquiátricas, neurodegeneração, entre outros. O esclarecimento do mecanismo glutamatérgico mediando esses processos tem sido amplamente investigado através de estudos dirigidos, por exemplo, para o conhecimento dos subtipos específicos de receptores envolvidos. Esses estudos têm demonstrado que os receptores ionotrópicos NMDA e não-NMDA (AMPA/KA) podem ser responsáveis por mediar estas alterações. Entretanto, a continuidade dos estudos é fundamental para o completo entendimento destes mecanismos, para que sejam desenvolvidas drogas mais adequadas ao tratamento das anormalidades do SNC.A família das proteínas precursoras de amilóide (APPs), conhecidas principalmente pelo envolvimento com a formação das placas neuríticas na doença de Alzheimer, têm também sido associadas a outros processos, fisiológicos e patológicos, neurodegenerativos ou não. Várias funções têm sido atribuídas às diferentes isoformas de APP no SNC. Dentre elas, o envolvimento com alguns sistemas neurotransmissores (dopamina, serotonina, glutamato e NO) em áreas cerebrais envolvidas nas respostas ao estresse como amígdala, hipocampo, áreas corticais, dentre outras. Estudos associando as alterações induzidas por estresse nas neurotransmissões clássicas e nas isoformas de APP no cérebro não têm sido ainda realizados. A proposta do projeto dá início a esta idéia e os resultados obtidos a partir de seu desenvolvimento serão de fundamental importância na busca da relação causa/conseqüência das respostas ao estresse. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SESTITO, RODRIGO S.; TRINDADE, LUCAS B.; DE SOUZA, RODRIGO G.; KERBAUY, LUCILA N.; IYOMASA, MELINA M.; ROSA, MARIA L. N. M. Effect of isolation rearing on the expression of AMPA glutamate receptors in the hippocampal formation. JOURNAL OF PSYCHOPHARMACOLOGY, v. 25, n. 12, p. 1720-1729, DEC 2011. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.